16 dezembro, 2014

Sarau LiteraturaNossa é selecionado pelo ProAC



Por Gisleine Zarbietti (Assessoria de Imprensa)

Projeto da Associação Cultural Literatura no Brasil contará novamente com o subsídio do governo do Estado de São Paulo para realizar suas atividades de incentivo à leitura e à produção cultural em 2015

O Sarau LiteraturaNossa foi selecionado mais uma vez pelo Programa de Ação Cultural (ProAC). Assim como ocorreu este ano, em 2015, o projeto desenvolvido pela Associação Cultural Literatura no Brasil contará novamente com o subsídio do governo do Estado de São Paulo para realizar suas atividades de incentivo à leitura e à produção cultural. Esta é a segunda vez que o Sarau LiteraturaNossa é contemplado pelo edital do ProAC.

Para Landy Freitas, coordenadora do projeto, mais do que a oportunidade de valorizar os autores independentes que têm o Alto Tietê como endereço e possibilitar o acesso à cultura e à literatura, sobretudo, nas regiões periféricas, o prêmio confirma a seriedade do trabalho desenvolvido pela Associação Cultural Literatura no Brasil:

“É uma demonstração de que estamos no caminho certo. Enquanto o poder público local se isenta da responsabilidade de investir em cultura, de valorizar os artistas locais, sobretudo, de estabelecer canais de diálogo com a classe, nós da Associação mostramos como se faz cultura. A seleção no edital do ProAC por mais este ano é uma demonstração clara de que nosso objetivo principal de incentivar a leitura, divulgar o trabalho de nossos escritores e contribuir com a inserção social de comunidades carentes vem surtindo resultados positivos”, destaca.

O Sarau LiteraturaNossa é apenas um dos inúmeros projetos desenvolvidos pela Associação Cultural Literatura no Brasil. Além das atividades tradicionais, em 2014 o grupo foi ainda mais além e realizou, de forma independente e sem qualquer apoio do poder público local o 1o Encontro de Autores Regionais, iniciativa pioneira que representou um marco na história cultural do Alto Tietê.

O presidente da Associação, Sidney Leal, destaca outras atividades exitosas realizadas ao longo de 2014, como as gravações do DVD Vídeo Literatura Vol. III, com a participação de alunos da rede pública de Suzano, a oficina literária com o escritor João Anzanelo Carrascoza, a publicação da antologia “Prosa Rio Abaixo”, a parceria com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) na realização do Sarau “Até Quarta...”, entre outras:

“O ano de 2014 foi muito especial para a Associação Cultural Literatura no Brasil. Desenvolvemos projetos culturais que vêm ao encontro de nossa trajetória de batalhar em prol da cultura. Experiência e força de vontade não nos faltam, voltaremos em 2015 renovados e continuaremos mostrando ao poder público como se faz cultura”, ressalta.

DESAFIOS

Membro fundador da Associação, o escritor Ademiro Alves, o Sacolinha, diz que o ano de 2014 foi desafiador, mas também muito produtivo. Ao elencar as diversas atividades realizadas pelo grupo, ele confirmou que os objetivos lançados ao final do ano passado foram amplamente cumpridos, mas o estado de inércia da atual Secretaria de Cultura de Suzano impõe novos desafios:

“Não temos atualmente nenhuma política de formação cultural em nossa cidade e isso reflete no desinteresse da população em geral. A segregação do nosso gestor cultural é tanta que só somos valorizados fora de Suzano. A conquista do ProAC é um exemplo. Enquanto aqui somos tratados como inimigos, fora de nosso município encontramos apoio e valorização”, diz.

PONTO DE CULTURA

Outra batalha do grupo é pela reabertura do Ponto de Cultura Círculo das Letras. A entidade é uma das poucas do município que está apta a receber os recursos que são repassados à Prefeitura pelo governo federal, mas depende da iniciativa da administração municipal em renovar o contrato com os Pontos de Cultura.

18 novembro, 2014

Sarau 'LiteraturaNossa' de Novembro, o último do ano!!

O ano de 2014 foi realmente fantástico para a ACLB, muitas realizações, batalhas e muitas vitórias. Para encerramento do ano faremos uma festa especial no último sarau de 2014.


Lançamento do livro 'Coroações' da poetisa Débora Garcia:

























E o lançamento do Vídeo Literatura Vol. III, que será vendido por apenas R$5,00!! Valor promocional para quem estiver presente nesta festa cultural.












 Encerrando com chave de ouro, a música fica a cargo do grupo 'KILIMANJARO'



Entrada franca, de grátis! Marcam em sua agendas e chamem amigos e familiares, vamos prestigiar os artistas de nossa região.

Associação Cultural Literatura no Brasil, cultura se faz assim!!













14 novembro, 2014

Entrevista

Assista a entrevista do criador da Associação Cultural Literatura no Brasil. Você vai saber o por que de nosso entusiasmo nos projetos culturais.



07 novembro, 2014

Nascimento do livro Coroações - Aurora de poemas é celebrado hoje na cidade de Suzano

O nascimento de um livro merece uma grande celebração!

 
É com esse espírito que a poetisa Débora Garcia convida a todos (as) a comparecerem hoje ao evento/celebração do Nascimento do seu primeiro livro intitulado Coroações – Aurora de poemas.

Mais do que um lançamento, o evento propõe a celebração pelo nascimento do livro, pelo nascimento da escritora e pela aurora de seus poemas que irá coroar a todos os leitores, que certamente, sairão poeticamente coroados.

Durante o evento/celebração, os presentes poderão participar de um bate papo com a autora Débora Garcia e também poderão conferir a poetisa em uma intervenção cênica do poema Coroações, que dá nome ao livro.

E para animar o momento do coquetel e da sessão de autógrafos os presentes apreciarão um pockt show e sets de discotecagem. O evento é gratuito e aberto ao público de todas as idades.

 Sobre o livro

 Coroações – Aurora de poemas, o primeiro livro de Débora Garcia, nasce para coroar seus leitores ao propor uma releitura de nossas questões cotidianas através da poesia. Composto por três capítulos o livro apresenta em Coroa de espinhos, Coroa de flores e Ojá, poemas que falam de dor, denúncia social, amor, escrita, ancestralidade e negritude. A crítica social se faz presente na maioria dos poemas, o que não faz de Coroações um livro ácido, pelo contrário, a Aurora que envolve seus poemas confere ao leitor a leveza necessária para que os mesmos também queiram vestir a sua Coroa.

 
Utilidade

 
Data: 07/11/2014

Horário: a partir das 19h00

Local: Teatro Contadores de Mentira

Endereço: Avenida Major Pinheiro Fróes, 530 – Parque Maria Helena/Suzano/São Paulo (Referência: Rua da estação de trem e do terminal de ônibus).

 

Contatos e informações:

Face book – Débora Garcia

Blog: deboragarcia.blogspot.com

E-mail: deboragarcia.info@yahoo.com.br

Infones: (11) 9 8950-9446/ 9 8598-4495

  


05 novembro, 2014

Festival do Livro e da Literatura de São Miguel Paulista exibirá a esquete Carolina – A Joia da Favela, de Débora Garcia


A convite da Fundação Tide Setúbal a poetisa e membro da Associação Cultural Literatura no Brasil, Débora Garcia, participará da edição 2014 do Festival do Livro e da Literatura de São Miguel Paulista, uma importante festa da literatura, que acontece na periferia da cidade de São Paulo e abre espaço para os artistas e escritores independentes. O evento ocorrerá entre os dias 06 a 08 de novembro de 2014, em mais de 30 pontos do bairro e adjacências, com atividades diversificadas voltadas à literatura.

Nesta edição, Débora Garcia participará com a linguagem cênica, fazendo a encenação da esquete Carolina – A Joia da favela. Serão duas exibições no dia 06/11, às 10h30 e às 15h30.

 Sobre a esquete

A esquete Carolina – A joia da favela apresenta o cotidiano atribulado, as fragilidades e a garra da escritora Carolina Maria de Jesus para criar seus três filhos, realizar o sonho de publicar um livro e viver longe da favela. Após a apresentação, haverá debate sobre a vida e obra da escritora Carolina Maria de Jesus.

FICHA TÉCNICA

Texto: Débora Garcia / Luciano Gomes
Atriz: Débora Garcia
Direção: Luciano Gomes
Produção: Cenário, sonoplastia e figurino – Débora Garcia/Luciano Gomes
Design gráfico e registro foto/vídeo: vinaoalobrasil
Duração: 15 minutos
Ano de produção e lançamento: 2014

Pontos de encenação

06/11 (quinta-feira)

10h30 – EMEF Armando Cridey Righetti R. Cordão de São Francisco, 977 - Itaim Paulista, SP Telefone: (11) 2581-0360.
15h30 – Travessa Roland Bernigam, altura n°111 – Jardim Lapenna

 

Confira a programação completa em: www.fundacaotidesetubal.org.br



 Débora Garcia em cena

 

04 novembro, 2014

Débora Garcia lança “Coroações – Aurora de poemas” nesta sexta feira 07/11

 
Obra, a primeira publicada pela poetisa, reúne 65 textos que falam de dor, denúncia social, amor, escrita, ancestralidade e negritude; sessão de autógrafos será no Teatro Contadores de Mentira (Rua Major Pinheiro Fróes, 530, Parque Maria Helena, em Suzano), a partir das 19 horas, e contará ainda com bate-papo, intervenção cênica, pocket show e sets de discotecagem

 

Entre espinhos, flores e ancestralidade nasceu o primeiro livro da poetisa Débora Garcia, uma coletânea de 65 poemas que propõe ao leitor uma releitura do cotidiano por meio da poesia. A obra intitulada “Coroações – Aurora de poemas” será lançada nesta sexta-feira (7 de novembro), a partir das 19 horas no Teatro Contadores de Mentira (Rua Major Pinheiro Fróes, 530, Parque Maria Helena, em Suzano).

Durante a noite de autógrafos, o público presente poderá ainda participar de um bate-papo com a autora e assistir a uma intervenção cênica do poema “Coroações”, que dá nome ao livro. Na programação também está previsto um pocket show e sets de discotecagem. A obra foi organizada pela autora com o apoio técnico do Quilombhoje Literatura e da Associação Cultural Literatura no Brasil.

 Escritos por Débora em diferentes fases de sua vida, os textos de “Coroações – Aurora de poemas” falam de dor, denúncia social, amor, escrita, ancestralidade e negritude, assuntos estes distribuídos em três capítulos: “Coroa de Espinhos”, “Coroa de Flores” e “Ojá”, que simbolizam as coroas que a autora vestiu e veste ao longo de sua vida. A estruturação do livro também evidencia o momento histórico, social, cultural e emocional que motivaram a escrita dos textos.

 Apesar da abordagem crítica e combativa, fruto de muitas vivências pessoais e profissionais da autora, os textos são carregados de sensibilidade e anseios que Débora expressa em suas narrativas. Outra simbologia da obra, como ela explica, é a do nascimento

 
“Aurora no sentido literal significa o nascimento do sol, de um novo dia e a sua coloração peculiar durante esse momento. No sentido figurado, aurora significa nascimento, renovação. Com a publicação de Coroações, meus poemas nascem para o mundo, eu nasço enquanto escritora, nascem meus leitores e os poemas renascem a cada leitura, pois a essência do poema permite que cada leitor se relacione de maneira bem diferente com o mesmo texto”, diz.

 

SOBRE A AUTORA

Débora Garcia é poetisa, cantora, atriz, gestora cultural e assistente social formada pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Atua na Associação Cultural Literatura no Brasil desde 2009, na cidade de Suzano. Presidiu a entidade entre os anos 2012 e 2014, período em que acumulou ampla experiência em gestão cultural na área do livro e da literatura. Desenvolve e participa de projetos culturais nos quais trabalha com a literatura, música e teatro, suas áreas de atuação. Publicou seus textos em diversas antologias voltadas à literatura negra e periférica.

 

“Coroações – Aurora de poemas”

Apoio técnico: Quilombhoje Literatura e Associação Cultural Literatura no Brasil

Páginas: 104

Projeto gráfico e capa: Nina Vieira

Ilustrações: Nina Vieira e Fernando Santos

Revisão de conteúdo: Márcio Barbosa

Revisão gramatical: Priscila Rodrigues

Prefácio: Sacolinha

Orelha: Marco Maida

Quarta capa: Márcio Barbosa e Akins Kintê

Apoio Cultural: Teatro Contadores de Mentira, OK Mestre Entretenimento Hip Hop e Polo Silk Estamparia

Outras informações: E-mail deboragarcia.info@yahoo.com.br ou (11) 9 8950-9446/ 9 8598-4495


 

 


03 novembro, 2014

Lançamento do primeiro livro da poetisa Débora Garcia!!

O nascimento de um livro merece uma grande celebração!

É com esse espírito que a poetisa Débora Garcia convida a todos (as) a comparecerem ao evento/celebração do Nascimento do seu primeiro livro intitulado Coroações – Aurora de poemas.
Mais do que um lançamento, o evento propõe a celebração pelo nascimento do livro, pelo nascimento da escritora e pela aurora de seus poemas que irá coroar a todos os leitores, que certamente, sairão poeticamente coroados. 


Durante o evento/celebração, os presentes poderão participar de um bate papo com a autora Débora Garcia, com a mediação de Renata Felinto, artista visual e membro do Conselho Editorial da revista O Menelik 2° Ato. Para quem ainda não conhece a faceta de atriz de Débora Garcia, poderá conferir a poetisa em uma intervenção cênica do poema Coroações, que dá nome ao livro.
E para animar o momento do coquetel e da sessão de autógrafos os presentes apreciarão um repertório imperdível durante o pockt show da cantora suzanense Bruna Oliveira e com os sets de discotecagem do consagrado Dj Fire. Todo o evento/celebração será conduzido pela Mestre de Cerimônia Maria Angélica. O evento é gratuito e aberto ao público de todas as idades.
Ao longo desse mês divulgaremos maiores informações e curiosidades sobre o livro Coroações – Aurora de poemas.
A aurora já chegou, as coroas estão prontas! Agora nos resta celebrar!


Assessoria poetisa Débora Garcia

Contatos e informações:
Face book – Débora Garcia
Blog: deboragarcia.blogspot.com
E-mail: deboragarcia.info@yahoo.com.br
Infones: (11) 9 8950-9446/ 9 8598-4495

27 outubro, 2014

Sarau 'LiteraturaNossa' em parceria com a CPTM

A Associação Cultural Literatura no Brasil em parceria com a CPTM, dia 30 de Outubro realizará uma edição especial do sarau 'LiteraturaNossa'.


Quando: Dia 30/10, quinta-feira.

Onde: Nos reuniremos ás 13:30hs na estação de trem de Suzano.
           Estação Palmeiras Barra Funda do trem, inicio ás 15:00hs.




Todos convidados, pode vir que é tudo nosso!



24 outubro, 2014

Carolina, a arquiterura da sobrevivência e do revide

Poetisa Débora Garcia, membro da Associação Cultural Literatura no Brasil, é convidada pela Biblioteca Mário de Andrade, a compor a programação em homenagem ao Centenário de Carolina Maria de Jesus e Abdias do Nascimento.
 
 
No mês de outubro teve início à Programação Especial da Biblioteca Mário de Andrade para celebrar os centenários da escritora Carolina Maria de Jesus e do escritor Abdias do Nascimento. Ao longo do mês houve momentos ricos de reflexão sobre a vida e a obra de Carolina, e no mês de novembro, será o momento de homenagearmos Abdias.

Neste sábado, dia 25 de outubro a partir das 16 horas, Débora Garcia participará da última atividade que compõe o ciclo de celebração.  A atividade denominada Carolina de Jesus, a arquitetura da sobrevivência e do revide será realizada na Comunidade Mauá, um importante espaço de resistência e luta pela moradia; espaço simbólico, significativo para discutir Carolina que viveu na pele a questão da moradia quando morou na favela do Canindé. Também participarão desse momento Fernanda Sousa e Rafaella Fernandez, pesquisadoras da obra de Carolina. Débora Garcia irá explanar sobre os Gritos e Sussurros de Carolina; a partir da encenação da esquete Carolina – A joia da favela, de sua autoria em parceria com Luciano Gomes - e da exibição do curta metragem Vidas de Carolina, de Jéssica Queiroz. O debate será conduzido pelo pesquisador Allan da Rosa.

A atividade é gratuita e aberta ao público. Conto com sua presença! E agende-se, novembro tem mais!!!

 Atividade – Centenários Carolina Maria de Jesus e Abdias do Nascimento

Carolina de Jesus, a arquitetura da sobrevivência e do revide

Data: 25/10/2014              Horário: a partir das 16h

Local: Comunidade Mauá

Endereço: Rua Mauá, 342 – Luz/São Paulo

Curadoria: Ruivo Lopes e Allan da Rosa

 
 
 
 Carolina Maria de Jesus

Débora Garcia interpretando Carolina Maria de Jesus
 
 
 

16 outubro, 2014


Escritora suzanense lança “Sempre Juntos” no Sarau LiteraturaNossa

Projeto da Associação Cultural Literatura no Brasil será realizado nesta sexta-feira (17 de outubro), às 19h30, na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630 Jardim Revista, em Suzano, próximo ao Bazar e à Escola Oswaldo de Oliveira Lima), com sorteio de livros e camisetas

Maria Lúcia Almeida adquiriu o gosto pela leitura e escrita ainda na infância, mas foi somente em 2010, ao participar da oficina de Cinema oferecida pelo Centro Cultural Palmeiras é que teve a iniciativa de escrever um livro. Para isso, ela contou com o reforço da Associação Cultural Literatura no Brasil e o resultado poderá ser conferido nesta sexta-feira (17 de outubro), com o lançamento de “Sempre Juntos” durante o Sarau LiteraturaNossa.

O projeto desenvolvido pela Associação Cultural Literatura no Brasil será realizado às 19h30 na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630 Jardim Revista, em Suzano, próximo ao Bazar e à Escola Oswaldo de Oliveira Lima). Haverá sorteios de camisetas do sarau e de livros da escritora Carolina Maria de Jesus, além de obras de autores contemporâneos.

Um dos ícones da literatura periférica pela autoria do livro “Quarto de Despejo – Diário de uma favelada”, Carolina Maria de Jesus é homenageada este ano pelo Sarau LiteraturaNossa em função de seu centenário.

“Sempre Juntos” é o primeiro título de Maria Lúcia, moradora de Suzano. Na obra, ela fala sobre a infinita e complexa temática do amor ao abordar as fraquezas, decepções e desilusões pelas quais passam os indivíduos. Para escrever o livro, Maria Lúcia também buscou algumas referências bíblicas.

Ela conta que a obra foi escrita em 2010, mas somente agora, devido ao respaldo que encontrou na Associação Cultural Literatura no Brasil, teve a oportunidade de publicar:

“Foram nas aulas da oficina de Cinema, em que precisei escrever um roteiro, é que vi a necessidade de procurar a Associação para aperfeiçoar minha escrita e aprender mais. Cheguei a participar do projeto Comunidade do Conto, que em muito me ajudou a aprimorar minha técnica literária”, diz.

Landy Freitas, coordenadora do Sarau LiteraturaNossa, ressalta que histórias como a de Maria Lúcia confirmam o potencial das iniciativas culturais desenvolvidas pela Associação Cultural Literatura no Brasil:

“Relatos como esse nos trazem a certeza de que estamos cumprindo nossos objetivos de incentivar o gosto pela leitura, contribuir com o desenvolvimento da escrita e, sobretudo, aproximar a população da literatura, seja conhecendo autores e obras de referência nacional ou interagindo com os escritores regionais”, avalia.

Gisleine Zarbietti
Assessoria de Imprensa




13 outubro, 2014

Tá chegando sexta-feira, e mais uma edição especial do nosso sarau 'LiteraturaNossa'!!

Tá chegando sexta-feira, e mais uma edição especial do nosso sarau 'LiteraturaNossa'!!
Dia 17/10 na sexta-feira acontece mais uma edição do nosso sarau, com o sorteio de muitos livros e camisetas.


Lançamento do livro da escritora Maria Lúcia







Sarau 'LiteraturaNossa' cultura se faz assim!!





10 outubro, 2014

Trocando ideias com Carolina

Sábado, 11 de outubro, a Associação Cultural Literatura no Brasil realizará mais uma edição do Projeto Trocando Ideias, que tem por objetivo promover a leitura de livros
de autores de língua portuguesa, bem como, debater a vida e a obra dos autores escolhidos.
Os encontros acontecem bimestralmente, onde discutimos um livro previamente definido e lido por todos os presentes. Também definimos um mediador para conduzir o estudo e também trazer contribuições sobre o autor e a obra.
Nesta edição, trocaremos ideias sobre o livro Quarto de Despejo da escritora Carolina Maria de Jesus e a mediação será feita pela poetisa Débora Garcia, que atualmente desenvolve projetos que divulgam a vida e obra da escritora.
O próximo encontro será no dia 06/12, onde faremos o estudo do livro Para Brisa, do poeta Ni Brisant. Agende-se! Contamos com sua presença!
 
Quando? 11/10              Horário: 10h30
Onde? Espaço Troupe Parabolandos
Endereço: Avenida Antonio Marques Figueira, 591 – Centro/Suzano
Gratuito!
 
Quarto de despejo                                                                                                   Carolina Maria de Jesus

Poetisa Débora Garcia interpretando a escritora Carolina Maria de Jesus no curta metragem Vidas e Carolina
 
 

07 outubro, 2014

Palestras no interior

VIAGEM LITERÁRIA

Cidades do interior receberão escritor Sacolinha pelo 3o ano

Neves Paulista, Mirassol, Gastão Vidigal, Monte Aprazível e Bady Bassitt são os municípios contemplados com palestras do escritor suzanense Ademiro Alves, o Sacolinha

O escritor suzanense Ademiro Alves, o Sacolinha, foi convidado por mais este ano para participar do Viagem Literária, projeto pelo qual irá percorrer cinco cidades do interior de São Paulo num período de três dias. O autor passará pelos municípios de Neves Paulista, Mirassol, Gastão Vidigal, Monte Aprazível e Bady Bassitt para ministrar oficinas e participar de bate-papos durante os dias 8, 9 e 10 de outubro. Estima-se que em cada cidade o autor falará para um público aproximado de 150 pessoas. Todas elas já leram algum livro de Sacolinha.

As atividades serão realizadas em bibliotecas públicas dos municípios citados. Em duas horas de encontro, Sacolinha pretende abordar sua trajetória literária, seus livros, seu processo de criação e ainda falar dos projetos literários que desenvolve em várias regiões do Brasil. Cerca de 40 minutos da palestra serão dedicados às perguntas da plateia.

O Viagem Literária é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura desenvolvida em parceria com a SP Leituras. Esta é a terceira vez que Sacolinha é convidado para participar do projeto, que tem por objetivo promover encontros com diversos autores brasileiros em 80 municípios do interior paulista.

Na primeira vez em que atuou no projeto, em 2011, o autor suzanense percorreu as cidades de Monteiro Lobato, São Bento do Sapucaí, Guaratinguetá, Águas de Lindóia e Mococa. Nesses locais, o autor ministrou oficinas de criação literária com o objetivo de estimular o processo criativo dos participantes, tal como o domínio de ferramentas básicas que puderam permitir a execução de pequenas histórias, individuais e coletivas.

Em sua segunda participação, no ano de 2013, o autor visitou as cidades de Piedade, Rancharia, Bastos, Palmital e Cerqueira César, onde ministrou palestras sobre sua trajetória literária, abordou a importância da leitura na vida das pessoas e falou sobre a nova geração de escritores.

Para Sacolinha, o Viagem Literária é um dos únicos projetos literários completos existentes no Estado de São Paulo:

“Geralmente, os projetos literários só contemplam uma categoria que na maioria das vezes é o leitor ou a biblioteca. O escritor raramente é lembrado. No caso do Viagem Literária todos estão envolvidos, pois o projeto valoriza o escritor, coloca os leitores diante de seus autores preferidos e promove o espaço da biblioteca”, comenta.

PROJETOS

Desde o começo de sua carreira literária, Sacolinha tem desenvolvido um trabalho de incentivo à leitura em diversos Estados brasileiros, com destaque para o projeto "Uma janela para o mundo", nas Penitenciárias de Segurança Máxima federais, onde deu aulas para nomes como Fernandinho Beira Mar, Elias Maluco e para deputados e policiais milicianos presos.

Ultimamente Sacolinha tem se dedicado a divulgar suas obras, o que devido aos projetos de leitura e com o trabalho literário à frente da pasta de literatura na Secretaria de Cultura de Suzano, entre os anos de 2005 e 2012, teve de abrir mão.

“Tenho seis livros publicados aqui no Brasil e três traduzidos para o espanhol, francês e inglês, mas até agora não tive tempo para divulgar essa produção devido aos projetos de incentivo à leitura que tomaram todo o meu tempo”, diz.

Ele afirma que todo escritor se sente bem em chegar em eventos literários nos quais o público já conhece sua obra. No entanto, como visita locais em que as pessoas raramente têm o hábito da leitura, o papel de incentivador fala mais alto.

Sacolinha aceitou participar do Viagem Literária justamente para tentar equilibrar seu trabalho de escritor e mediador.

Mais informações sobre o Sacolinha e o projeto Viagem Literária podem ser obtidas no blog: www.sacolagraduado.blogspot.com ou na página do autor no facebook: www.facebook.com/escritorsacolinha.

SOBRE O AUTOR

Sacolinha tem 31 anos, nasceu na cidade de São Paulo e é formado em Letras. É autor dos livros “Graduado em Marginalidade”, “85 letras e um disparo”, “Estação terminal”, “Peripécias de minha infância”, “Manteiga de cacau” e “Como a água do rio”. Em sua trajetória já esteve em vários programas de televisão, como Provocações, Metrópolis e Manos e Minas, ambos na TV Cultura, e o de Jô Soares, na Globo. Ganhou vários prêmios por seus livros e projetos. Também é conhecido por seu incansável trabalho de incentivo à leitura.

04 outubro, 2014

Dia 17 de Outubro, mais uma edição do nosso sarau "LiteraturaNossa"

Tá chegando o dia!
Logo mais estaremos juntos em mais um Sarau Literatura Nossa, que acontece toda terceira sexta-feira do mês no Jardim Revista em Suzano-SP.
Este ano o sarau homenageia o centenário da escritora Carolina Maria de Jesus. E para celebrar a literatura faremos sorteios de livros da escritora e de outros autores contemporâneos durante o sarau.Também haverá sorteios de camisetas do sarau.
E a cada edição há também um lançamento de livro. Já passaram por aqui os escritores Rodrigo Ciríaco, Ni Nivaldo Brito Dos Santos, Elizandra Souza, Andréia Gonçalves Garcia entre outros.
Neste mês o Sarau LiteraturaNossa recebe a escritora Maria Lucia para lançamento do seu primeiro livro “Sempre Juntos”.
Vem com a gente!!!



15 setembro, 2014

Tá, tá chegando! Sexta-feira tem sarau 'LiteraturaNossa'!


Lançamento do livro do peta e cordelista Francis Gomes, 'SEMEANDO VERSOS, COLHENDO CORDEL'




Um show com a apresentação de dança com o grupo 'Balé Afro Órun Áyé'


Abaixo o link só para atiçar a curiosidade, ao vivo é bem melhor!! 






Cidinha da Silva em Suzano