14 junho, 2015

Sarau LiteraturaNossa - Junho de 2015


Sarau LiteraturaNossa reúne música e poesia no próximo dia 19
Projeto de incentivo à leitura e divulgação dos autores regionais da Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) será realizado na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630, Jardim Revista, em Suzano) com apoio do ProAC
O repertório eclético do músico Pigmeu e os versos de Jefferson Santana vão conduzir a próxima edição do Sarau LiteraturaNossa, projeto de incentivo à leitura e divulgação dos autores regionais da Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB). A iniciativa, que conta com o apoio do Programa de Ação Cultural (ProAC) do Estado de São Paulo vai movimentar o Jardim Revista no próximo dia 19 de junho, a partir das 19h30.
A atração acontece mensalmente na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630, Jardim Revista, em Suzano – Próximo ao Bazar e à Escola Estadual Oswaldo de Oliveira Lima), com sorteios de livros e camisetas para o público presente. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 96680-4065, pelo site www.literaturanobrasil.blogspot.com/ ou pela página no Facebook Sarau LiteraturaNossa.
Assim como ocorreu na edição anterior, dois escritores do grupo também estarão lançando seus “Postais Poéticos” durante o sarau. São eles Andréia Garcia e Francis Gomes, que apresentarão ao público a arte da poesia autoral estampada em cartões.
Segundo Landy Freitas, coordenadora do Sarau LiteraturaNossa, o lançamento do projeto “Postais Poéticos” vem atendendo as expectativas do grupo de estimular o contato com a literatura por meio de novas mídias:
“No mundo atual marcado pela velocidade da informação a comunicação tem sido cada vez mais imediata e instantânea. Isso nos impõe o desafio de investir em novas formas para despertar o interesse do público pela leitura e aproximá-los dos bens literários. Os cartões postais poéticos vêm ajudando a atender esses objetivos, ao instante em que condensam a arte de nossos autores de uma maneira descontraída e dinâmica”, diz.
ATRAÇÕES
“Pétalas e Pedradas” é o título do livro do professor e poeta Jefferson Santana que será lançado ao longo do Sarau LiteraturaNossa. Com 136 páginas, a obra é composta por poemas de diversos tipos e temas que refletem a liberdade do autor e a experimentação das diversas formas de escrever sobre seu cotidiano. A poesia, aliás, é a grande arma do escritor que tem participado da revolução cultural que acontece além das periferias paulistanas com os saraus.
Morador da cidade vizinha Poá, o músico Pigmeu tem 60 anos, sendo 40 dedicados à música. Em seu repertório, interpreta hits de Elvis Presley, The Beatles, João Bosco, Djavan, entre outros nomes da MPB, do rock e reggae. No pocket show que conduzirá logo após o Sarau apresentará ainda uma seleção de canções autorais.

11 junho, 2015

ACLB realiza oficina para ensinar a preparar projetos para editais do ProAC

Oficina ensina a preparar projetos para editais do ProAC
Por Gisleine Zarbietti - Assessoria de Imprensa
Atividade ocorrerá no dia 20 de junho, das 10 às 12 horas, na Faculdade Piaget (Avenida Mogi das Cruzes, 1.001, Parque Suzano, em Suzano) e será ministrada pelo escritor Sacolinha, que já foi jurado do concurso e contemplado duas vezes pelo ProAC
A Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) promoverá no dia 20 de junho uma Oficina para Criação de Projetos para Editais do Programa de Ação Cultural (ProAC), do governo do Estado de São Paulo. A atividade é direcionada aos agentes culturais de todo o Alto Tietê interessados em inscrever trabalhos no referido edital e será ministrada pelo escritor Ademiro Alves, o Sacolinha, que acumula dois projetos contemplados pelo ProAC e também foi jurado do concurso por três anos consecutivos.
Com duas horas de duração, a atividade será realizada na Sala de Teatro da Cia. Atores Insanos, no Prédio II da Faculdade Piaget (Avenida Mogi das Cruzes, 1.001, Parque Suzano, em Suzano), das 10 às 12 horas. As inscrições podem ser solicitadas por meio do e-mail literaturanobrasil@gmail.com até o dia 19 de junho. São oferecidas 20 vagas a um valor simbólico de R$ 20 pela inscrição. Outras informações pelo telefone 99526-3561 (Vivo e Whatsapp).
A oficina é uma das atividades que resultam da implantação da Cia. Atores Insanos por meio da parceria entre a Associação Paulista de Esporte, Cultura e Cidadania (APECC) e a Faculdade Piaget.
Como explica o escritor Sacolinha, que também é membro fundador da ACLB, os participantes da oficina receberão orientações importantes sobre como escrever um projeto para o ProAC:
“Vou passar dicas úteis, como o que é e o que não é relevante mencionar no texto, como deve ser feita a disposição do projeto na página, o que constar no currículo da pessoa física e da pessoa jurídica, entre outras orientações que fazem a diferença na hora de disputar um edital da dimensão do ProAC. Quem tiver projetos já escritos ou rascunhados também poderá levar para esclarecer dúvidas e trocar ideias”, diz.
EXPERIÊNCIA
Formado em Letras pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), Ademiro Alves de Sousa, o Sacolinha, é escritor, autor de romances e livros de contos. Como jurado do ProAC por três anos, avaliou cerca de 600 projetos na área de artes cênicas. Foi contemplado duas vezes pelo edital do ProAC com a publicação das obras “Estação Terminal”, em 2010, e “Manteiga de Cacau”, em 2012, e por outras duas vezes com o projeto “Sarau LiteraturaNossa”, da Associação Cultural Literatura no Brasil, em 2013 e 2014. Também foi contemplado com o livro “Peripécias de Minha Infância”, em 2010, pela Fundação Nacional de Artes (Funarte) – Bolsa de Criação Literária, do governo federal.
Em sua trajetória, esteve em programas de televisão como Jô Soares (TV Globo), Provocações, Metrópolis e Manos e Minas (TV Cultura). Trabalhou por oito anos (2005 a 2012) na Secretaria de Cultura de Suzano, onde desenvolveu centenas de projetos de incentivo à leitura e de divulgação de novos escritores, com destaque para o 1º Salão Internacional do Livro de Suzano. Trouxe para a cidade escritores como Ariano Suassuna, Marcelo Rubens Paiva, Ignácio de Loyola Brandão, Moacyr Scliar, Paulo Lins, Antônio Skármeta, Fernando Gabeira, entre outros. Ganhou vários prêmios por seus livros e projetos.
Nos últimos anos tem viajado pelo País ministrando palestras e oficinas, principalmente em lugares vulneráveis e não muito comuns para eventos literários, tais como cadeias, penitenciárias federais, favelas, morros e associações de moradores. Recentemente, prestou serviços para a Unesco e para o Ministério da Justiça no projeto “Uma janela para o mundo – Leitura nas Prisões” nas Penitenciárias de Segurança Máxima.
Desenvolve ainda uma palestra por semana nas escolas públicas do Estado de São Paulo. Em 2013, a editora carioca Aeroplano lançou o livro "Como a água do rio", biografia e trajetória do escritor


Cidinha da Silva em Suzano