23 julho, 2013

Resistência!

Artistas do movimento cultural de Suzano realizam

1a Conferência Livre de Cultura



Aberta ao público em geral, atividade acontece no dia 3 de agosto, das 9 às 17 horas e será abrigada na Faculdade Piaget (Avenida Roberto Simonsen, 972, Jardim Imperador); um dos objetivos é extrair propostas que nortearão a Conferência Intermunicipal a ser realizada em Mogi das Cruzes

Como Suzano deixará de realizar a Conferência Municipal de Cultura este ano, um grupo de artistas e entidades do movimento cultural da cidade se uniu para realizar a 1a Conferência Livre de Cultura, no próximo dia 3 de agosto, das 9 às 17 horas. Com entrada gratuita e aberta a toda população, a atividade será abrigada na Faculdade Piaget (Avenida Roberto Simonsen, 972, Jardim Imperador) e terá como uma das finalidades extrair propostas que nortearão a Conferência Intermunicipal a ser realizada em Mogi das Cruzes e que também poderão ser encaminhadas para a Conferência Nacional de Cultura. Inscrição e informações podem ser obtidas por meio do e-mail conferencialivresuzano@gmail.com.

Com o tema  "Uma Política de Estado Para a Cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura", os debates terão como referência as diretrizes da 3ª Conferência Nacional de Cultura, que será realizada em novembro e terá como base quatro eixos: implementação do Sistema Nacional de Cultura, produção simbólica e diversidade cultural, cidadania e direitos culturais e cultura e desenvolvimento.

De acordo com a coordenação geral do evento, que tem à frente o escritor Ademiro Alves, o Sacolinha, e o ator Cleiton Pereira, uma das exigências do Ministério da Cultura para que Suzano esteja apto ao Sistema Nacional de Cultura é a criação do Sistema Municipal de Cultura por meio de lei específica. Para isso, cabe ao município criar um órgão gestor de cultura, um Conselho Municipal de Política Cultural e um Fundo de Cultura, além de realizar as Conferências.

“Já alcançamos todas essas etapas. Falta apenas a Conferência de 2013, mas como a Prefeitura não convocou os artistas na intenção de realizá-la, resolvemos nos organizar e fazê-la. Como se trata de uma atividade que se tornou tradição na cidade, tendo sido realizada duas vezes, em 2006 e 2009, não poderíamos desperdiçar essa oportunidade”, explica Sacolinha.

Pereira acrescenta que a atividade visa a realização de um Plano Municipal de Cultura para dez anos e também a criação de um mecanismo de indicadores culturais:

“Isso ainda é pouco perto dos avanços que Suzano alcançou na área cultural nos últimos anos. A organização dos artistas e das entidades para a Conferência Livre reflete a necessidade de manter a dinâmica das ações culturais da cidade, que é a garantia da cultura como elemento essencial e transformador na vida das pessoas”, diz.

REALIZAÇÃO

A 1a Conferência Livre de Cultura conta com a realização da Associação Cultural Literatura no Brasil, Associação Paulista de Esporte, Cultura e Cidadania (APECC), Associação dos Músicos de Suzano (AMAS), Associação Contadores de Mentira, Núcleo de Formação Musical do Parque Maria Helena, Frente de Arte e Cultura de Suzano (FARCS), Ponto de Cultura Dançar, Ponto de Cultura Círculo das Letras, Família Dossye, Filhos da Pátria (FDP) e Subversivo Filmes.

15 julho, 2013

Sarau LiteraturaNossa


Neste mês, o Sarau LiteraturaNossa será realizado na Casa do Norte Santo Expedito II, um local aconchegante onde, além de participar do Sarau LiteraturaNossa, você poderá apreciar comidas e bebidas típicas nordestina. Não perca!

05 julho, 2013

Enterro feito

  Artistas enterram secretário de Cultura de Suzano, Suami de Paula Azevedo
Com um ato pacífico e cultural artistas da cidade enterraram simbolicamente Suami de Paula Azevedo.

·      Artistas de Suzano fizeram na tarde desta sexta-feira (05/07), o enterro simbólico do Secretário de Cultura, Suami de Paula Azevedo. O ato pacífico e também cultural aconteceu no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi na tarde desta sexta-feira (5), das 16 às 18 horas e pediram esclarecimentos sob a atuação do secretário, considerada tímida e inexpressiva pelos artistas. Com frases como "Meu caro Suami a Sorborne não é aqui", "Suami está suamindo com a cultura” e "Suami, vê se assume ou vê se some", os manifestantes pedem diálogo e mudanças na área
·      Segundo os participantes o motivo do enterro foi a falta de diálogo com a classe, a não realização da Conferência Municipal de Cultura, a contratação de um planetário (tenda inflável) no valor de 1 milhão de reais e a perseguição aos artistas da cidade.
O secretário não estava na secretaria e após duas horas de manifestação, os artistas foram recebidos pela assistente do secretário, que prometeu uma reunião para a próxima quinta-feira (11), onde os entre os itens principais da pauta, segundo Débora Garcia, presidente da Associação Cultural Literatura no Brasil, estão a realização da Conferência Municipal de Cultura e as explicações sobre o Planetário no valor de 1 milhão de reais.

·      
“Não abrimos mão de realizar esta conferência. E não podemos ser vistos como cidadãos que deixaram passar batido o aluguel de uma tenda inflável no valor de 1 milhão de reais”, diz Débora.


·      A reunião com secretário deverá contar com representados de uma comissão composta por artistas de diversos segmentos que estão articulando a Conferência Livre de Cultura, sendo uma conferência a ser realizada pela classe artística da cidade, caso o poder público mantenha a decisão de não realizar a mesma.
“E se a situação continuar do jeito que está ou piorar, vamos fazer a missa de sétimo dia”, destaca o escritor Ademiro Alves, o Sacolinha.


Sarau LiteraturaNossa Agosto 2017