31 março, 2011

Sacolinha em Poços - MG

Clique no flyer para ampliar

Pavio da Cultura na Virada Cultural


O Pavio da Cultura estará presente na virada Cultural 2011. Nos apresentaremos por volta das 10:15 do domingo dia 17, entre as apresentações do Z´áfrica Brasil e do Veja Luz. Estão todos convidados a partilhar este momento com a gente.





Estaremos no Palco Santa Ifigênia, o palco da Cultura Periférica



O Pavio da Cultura foi criado em maio de 2005 pelo escritor Sacolinha com o objetivo de divulgar o trabalho dos escritores de Suzano e Região, além de promover o intercâmbio entre as áreas artísticas tem na sua programação Recital de poesias, cordel, leitura dramática, repente, teatro, música, cinema e dança, sorteio de livros e revistas. Acontece todo sábado em um centro cultural da cidade de Suzano, e no segundo sábado do mês ocorre no centro da cidade. A entrada é gratuita e é aberto a todas as idades. Os interessados em se apresentar devem chegar com 30 minutos de antecedência. Nos três primeiros anos o Pavio da Cultura era realizado somente pela Prefeitura de Suzano, a partir do 4º ano a Associação Cultural Literatura no Brasil entrou como parceira do projeto. Em todos os anos de realização desse sarau o escritor Sacolinha esteve à frente na organização. O sarau tem seu diferencial porque em apenas duas horas ocorrem cerca de 50 apresentações dividas entre música, literatura, exibição de vídeos e artes cênicas.

CINEMA NO PONTO

O Cinema no Ponto desta quinta-feira apresenta o filme Edward Mãos de Tesoura.




TROCANDO IDEIAS

Na última terça- feira, dia 29 nos reunimos aqui no Círculo das Letras para trocar ideias sobre o livro Libertinagem e Estela da Manhã de Manuel Bandeira. O esncontro foi bastante produtivo. Neste mês discutiremos o livro Antes do Baile Verde, de Lygia Fagundes Telles.

Esperamos por você.

28 março, 2011

Meus queridos está chegando o grande dia do lançamento do meu livro, ECOS DO SILÊNICIO, a ansiedade é grande, pelo  o lançamento e também para ver se meus convidados iram comparecer.  
Enquanto isso estou na correria para tentar divulgar o máximo possível, na mídia onde tenho acesso.
Quarta feira 30/03/2011, estarei fazendo uma palestra na UNISUZ, as 20:00 horas sobre literatura de cordel, e claro divulgando o lançamento.
Na quinta, 31/03/2011, as 19:00 horas com a galera da Associação Cultural Literatura no Brasil, em uma escola no Colorado, para um Sarau e divulgação do lançamento.
No sábado, feriado 02/04/2011, a parti das 15h30min na Rádio Sat FM, de Suzano para uma entrevista e divulgação do livro.
E na sexta Feira 08/04/2011 as 10:00 horas na Rádio UNESP de São Paulo, com Oscar D'Ambrosio, no programa Perfil Literário para uma segunda entrevista com ele, divulgando o meu trabalho e lançamento do livro. A primeira foi apenas para divulgar meus livretos de cordel agora a lançamento do livro. Como Vos falei é correria.
Abraço a todos.
Francis Gomes

26 março, 2011

FEIRA DE TROCA DE LIVROS E GIBIS.

Pode chegando.


Hoje tá cheio de livros e gibis na mesa. Livros muito bons e gibis melhores ainda.









Coisa rara.
A variedade é grande.

Quando os pequenos se tornam grandes leitores.


22 março, 2011

Meus queridos vejam algumas estrofes do cordel abaixo, se quiserem adquirir o mesmo e ler inteiro, basta entrar em contato pelos os telefones,e e-mail que estão no blog.



abraços a todos e se divirtam lendo cordel.


O Encontro de Lampião com Zé
               Capeta



Como poeta que sou
Cordelista e nordestino
Peço licença aos colegas
Que tem o mesmo destino
Mas a pedido de um amigo
Vou tentar ver se consigo
Falar sobre Virgolino

Quem não conhece a fama
Do nordeste brasileiro
Pobre terra castigada
Pela seca o ano inteiro?
Mas rica em homens valentes
De coronéis e tenentes
E do maior cangaceiro.

Do Juazeiro do Norte
De Padre Cícero Romão
E Virgolino Ferreira
O temido Lampião.
Sem por os outros pra baixo
Foi um dos homens mais macho
Que já nasceu no sertão.

Famoso rei do cangaço
Do nordeste brasileiro
Seus feitos são conhecidos
Por este Brasil inteiro,
Vou contar feitos incríveis
E algumas senas terríveis
Deste grande cangaceiro
Mas antes de começar
Amigo preste atenção
Eu vou contar pra você
Logo em primeira mão
O motivo e o porquê
Virgolino veio a ser
Chamado de Lampião

Virgolino tinha um costume
Depois de uma batalha
Tomar um copo de pinga
Fumar um cigarro de palha,
E o tira-gosto usado
Era sangrar um soldado
E lamber sua navalha

Aconteceu que uma noite
Em certa ocasião
O cigarro do cangaceiro
Caiu e se perdeu no chão.
Ele começou atirar
Para poder encontrar
O cigarro na escuridão

Seu rifle jorrava fogo
Clareando a escuridão
Semelhante uma luz
No pavio de um lampião
Então surgiu o apelido
Do homem mais conhecido
No cangaço do sertão

Por um propósito de Deus
Ou artimanha do cão
Na fazendo vila bela
No agreste do sertão
Nasceu então um menino
Por nome de Virgolino
Que veio a ser Lampião...


Ficou curioso? são apenas três páginas, das doze que contam a história.


Francis Gomes


tchekos@ig.com.br
http://www.poetafrancisgomes.blogspot.com/

21 março, 2011

Fanzine Literatura Nossa 24

Salve Pessoas!

Este é o Fanzine LiteraturaNossa 24. Em destaque o lançamento do CD de Literatura.

























18 março, 2011

Inscriçoes no PROAC




Inscrições no Proac - pessoa física e pessoa jurídica

Além de inscrever de entidades no ProAC/ICMS, as pessoas físicas podem inscrever também.
A partir do dia 14/03 estará aberto no sistema para inscrição de entidade e pessoa fisica. Não vamos perder tempo e nem a chance.
Leia abaixo:
FOMENTADORES ESTEJAM ATENTOS: Conforme Resolução SC Nº 11/2011:
• A partir de 14 de março de 2011, estarão abertas as inscrições de novos proponentes para obtenção dos benefícios do ProAC, por meio de incentivo fiscal do ICMS.
• A partir de 21 de março de 2001, estarão abertas as inscrições de novos projetos para obtenção dos benefícios do ProAC, por meio de incentivo fiscal do ICMS.
• No dia 30 de abril de 2011, serão encerradas as inscrições de novos proponentes e de novos projetos para obtenção dos benefícios do ProAC, por meio de incentivo fiscal do ICMS.            • A Comissão de Análise de Projetos - CAP somente aprovará projetos cujos valores somem R$ 90.000.000,00 (noventa milhões de reais). Atingido este valor, não serão mais aprovados projetos.
COMO INSCREVER O PROPONENTE NO PROAC

Para realizar a inscrição, o proponente deverá acessar o site www.cultura.sp.gov.br, estando no site deverá lá em baixo clicar no link PROAC, depois deverá clicar no link ICMS, lá em baixo vai clicar no link INSCREVA-SE, na nova janela que abrir, em cima, no canto esquerdo do monitor irá clicar em PROPONENTE e depois em CADASTRO aí é só seguir as orientações, observando as orientações no ato do preenchimento do cadastro.


QUAL DOCUMENTAÇÃO PARA PESSOA FISICA
* Pessoa física: Cédula de Identidade – RG. - Cadastro de Pessoa Física – CPF.
* Certidão Negativa de Débitos de Tributos Federais (CND).
* Cópia dos comprovantes de domicílio há mais de 02 (dois) anos no Estado de São Paulo (IPTU, correspondência bancária, contas de água, luz, gás, telefone fixo ou contrato de aluguel de imóvel) em nome do proponente, sendo uma cópia de um comprovante atual e uma cópia de um comprovante de pelo menos 02 (dois) anos atrás.
* Declarações ( A AGCIP manda o modelo se precisar) 
* Preencher e enviar cópia assinada do Cadastro do Proponente – CP realizado no site:http://www.cultura.sp.gov.br/portal/site/PAC


QUAL DOCUMENTAÇÃO PARA PESSOA JURÍDICA

* Contrato ou Estatuto Social da sociedade ou instituição e suas alterações, devidamente registrado, que tenha domicílio no Estado de São Paulo constando em seus objetivos e finalidades a promoção de atividades culturais e artísticas.
* Ata da eleição da diretoria em exercício registrada.
* Comprovante de inscrição Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica –CNPJ.
* Certidões Negativas relativas à Seguridade Social e ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).
* Cédula de identidade - RG e Cadastro de Pessoa Física - CPF do representante legal da pessoa jurídica que firmou o cadastro de inscrição.
* Certidão Negativa de Débitos de Tributos Federais (CND).
* Cópia dos comprovantes de domicílio ou sede há mais de 02 (dois) anos no Estado de São Paulo (IPTU, correspondência bancária, contas de água, luz, gás, telefone fixo ou contrato de aluguel de imóvel) em nome do proponente, sendo uma cópia de um comprovante atual e uma cópia de um comprovante de pelo menos 02 (dois) anos atrás.
* Cópia assinada do Cadastro do Proponente – CP realizado no site
* Currículo do Proponente.
* Declarações de que o proponente não tem impedimento para contratar com a Administração Pública, não está inadimplente no Ministério da Cultura e na Secretaria de Cultura de seu Município.
* Certidão negativa de débito junto à Receita Federal e a Procuradoria da Fazenda Nacional
* Uma única declaração do proponente informando que não está inadimplente em instituição bancária onde será aberta a conta movimentação.

ENDEREÇO DE ENVIO DA DOCUMENTAÇÃO E DO CADASTRO
Rua Mauá nº 51, 2º andar, sala 244, Bairro Luz – CEP: 01028-900. São Paulo – SP. Unidade de Fomento e Difusão de Produção Cultural. Programa de Ação Cultural. (Não se esqueça de colocar no envelope o número do Protocolo de seu cadastro).

16 março, 2011

Conjugando o verbo amar



Eu quero conjugar o verbo amar,
No particípio de sua vida
No presente dos seus beijos
E no infinitivo do nosso amor.
Porque assim que te conheci eu te amei.
E tu me amaste?
Desde criança eu já te amava.
Sem saber se tu me amavas
Tenha certeza  que ainda te amo.
E tu me amas?
E para sempre te amarei.
Será que tu me amarás?
Você poderia ser como fosse que eu te amaria.
E tu me amarias?
O importante é que,
Não precise pedir que eu te ame,
E nem eu que tu me ames.
Porque se eu não te amasse,
E  se tu não me amasses,
Se nós não nos amássemos,
A conjugação estaria errada.
Mas quando eu te amar,
E quando tu me amares,
Todas as vezes que nos amarmos,
Então amemos nós.
Assim eu te amando
Tu me amando,
Serei eu teu amado,
Tu minha amada,
Então o verbo amar
Estará conjugado  corretamente
Em todos os tempos,
Por eu e você.



Francis Gomes

14 março, 2011

A todas as mulheres do mundo


O mundo sem mulheres é como um corpo sem coração,
Uma cabeça sem cérebro,
Olhos sem brilhos,
Lábios sem sorriso,
Uma floresta seca sem fauna, sem flora,
Um jardim sem flores,
Um rio sem água.
Um mar sem peixes,
Um céu sem estrelas...
Um corpo sem espírito.
Assim são as mulheres.
E ainda existe quem diga que elas são sexo frágil.
Imagina se fossem fortes! Como seriam?
Os homens precisam admitir,
Podem até dominar o mundo,
Mas as mulheres os dominam,
Porque simplesmente são mulheres,
O horizonte que todo homem busca,
Mulheres, como às compreenderem...
Quanto menos entendemos, mais amamos!
Quanto mais amamos nos enganamos
Na incerteza insana se nos querem.

Impossível é viver e não vos amar!
Quem nunca vos comparou, com a beleza das flores?
Quem vos beijou, sem que o coração transbordasse de amores?
Quem nunca falou alguma frase para vos louvar?

Mas, que poema faria eu para louvar-vos?
Passei dias, meses, anos e mais anos,
Mas está além dos conhecimentos humanos
Palavras para que eu possa comparar-vos!

Tentei comparar-vos á lua, ao sol e às estrelas,
Descrevê-las em versos, rimas e poesias,
Nas músicas, canções e melodias,
E percebi: é impossível descrevê-las.

É uma mistura de suplementos indescritíveis!
Tens a beleza da flor com o cheiro do pecado,
Mistérios que deixam um homem enfeitiçado
Encantos totalmente irresistíveis.

Que seria do mundo sem vocês?
São diamantes lapidados divinamente
Pelas mãos do próprio Onipotente,
Na imensa sabedoria que vos fez.

Neste momento, em que meu poema se encerra,
Sem adjetivos para vos qualificar,
A única coisa que eu posso afirmar
São os seres, mais cobiçados da terra.


Francis Gomes

10 março, 2011

Pavio , Participe!

Pavio da Cultura acontece neste sábado

Evento contará com lançamento de Fanzine e com a presença de dezenas de escritores, poetas e cordelistas.
Neste sábado, dia 12/3, será realizada mais uma edição do tradicional sarau Pavio da Cultura, a partir das 20h, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP). A atividade é uma parceria da Prefeitura de Suzano com a Associação Cultural Literatura no Brasil.
Nesta edição, haverá apresentação de poesia, leitura dramática, rap, repente, coral, dança e cinema.
Teremos ainda o lançamento do fanzine "UM POR TODOS!" organizado pelo coletivo Os Mesquiteiros da Zona Leste de São Paulo. São 17 textos (contos e poemas), de 14 autores diferentes, todos frequentadores do Sarau que leva o mesmo nome do coletivo e acontece em uma escola pública de Ermelino Matarazzo.
Os interessados em se apresentar devem chegar com 30 minutos de antecedência, às 19h30.
Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (11) 4747-4180

Tradicional sarau...

Pavio da Cultura acontece neste sábado


Evento contará com lançamento de Fanzine e com a presença de dezenas de escritores, poetas e cordelistas.

Neste sábado, dia 12/3, será realizada mais uma edição do tradicional sarau Pavio da Cultura, a partir das 20h, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP). A atividade é uma parceria da Prefeitura de Suzano com a Associação Cultural Literatura no Brasil.
Nesta edição, haverá apresentação de poesia, leitura dramática, rap, repente, coral, dança e cinema.
Teremos ainda o lançamento do fanzine "UM POR TODOS!" organizado pelo coletivo Os Mesquiteiros da Zona Leste de São Paulo. São 17 textos (contos e poemas), de 14 autores diferentes, todos frequentadores do Sarau que leva o mesmo nome do coletivo e acontece em uma escola pública de Ermelino Matarazzo.
Os interessados em se apresentar devem chegar com 30 minutos de antecedência, às 19h30.
Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (11) 4747-4180.

09 março, 2011

CINEMA NO PONTO

Nesta quinta feira dia 10-03 é o dia, que se pode apreciar um bom filme no telão.
 Com chuva ou com sol nao importa, pode vir que tem pipoca no CINEMA NO PONTO.

O filme exibido será, ESCRITORES DA LIBERDADE. Muito bom
Retrata a realidade de jovens alunos de uma escola, suas vidas conflituosas e que através da literatura conseguem escrever uma nova história. duração 100 min 
Censura livre.- TODA QUINTA FEIRA DO MÊS 
Duas sessões 10:30 e 14:30 Aberto ao público


PAZ PRA NÓS
Cákis- VIOLENTAMENTE PACÍFICO


FORTALECENDO A RESISTÊNCIA

Ae, pessoal, domingo haverá uma atividade maneira em Ferraz de Vasconcelos.


Será o primeiro CINE DEBATE na comunidade. Os guerreiros tão se articulando e levando arte pra periferia. O filme 5 VEZES FAVELA AGORA POR NÓS MESMOS será exibido estreando o projeto que tem tudo pra dar certo. O objetivo é despertar o senso crítico, a reflexão através do olhar e ponto de vista dos moradores, participantes e espectadores numa roda de conversa aberta ao final do filme. Á todos que quiserem colar e fortalecer a resistência.
Estarei lá. Violentamente Pacífico.

Sou o Cákis, NÃO TEMOS MUITO TEMPO.

PAZ PRA NÓS
As conseqüências do tempo



Quando eu era criança bem criança
O progresso quase nem tinha,
E eu corria descalço por estradas de terra,
Tomava banho de rio,
Contava carneirinho,
E observava as estrelas.
O tempo passou começou chegar o progresso.
Eu continuei tomando banho de rio,
Correndo descalço  por ruas estreitas de paralelepípedo.
O tempo passou mais, e mais rápido,
Inventaram o chuveiro,
E não deixaram mais eu tombar banho de rio,
Não pude correr mais descalço,
O asfalto quente queimava meu  pé.
O tempo  continuou passando cada vez mais rápido,
O progresso avançou, e eu regredir,
Não corro mais, não tomo mais banho de rio,
Não conto mais carneirinhos, nem observo as estrelas.
As pernas  não deixam a visão ta turva, os braços sem força,
E se eu me lembro bem, nem sei mais contar.


Francis Gomes

08 março, 2011

Uma simples homenagem a todas

 

Mulheres



Razão maior da nossa existência.
Batalhadoras, vencedoras, heroínas!
São capazes de fazer um homem sorrir e chorar,
Pular de alegria, cair de tristeza,
Ser muito feliz, e também triste,
Elevá-lo as alturas, até mesmo a glória,
E também perder tudo que tem.
Por elas os homens matam e morrem,
Vestem-se bem, (se as têm) e andam deselegantes, (se as perdem).
Bebem para esquecê-las,
E tentam fingir que elas nem existem,
Ainda que elas estejam presentes dentro deles todo momento.
Na verdade as mulheres são simplesmente tudo.
O mundo sem mulheres é como um corpo sem coração,
Uma cabeça sem cérebro,
Olhos sem brilho,
Lábios sem sorriso,
Uma floresta seca sem fauna, sem flora,
Um jardim sem flores,
Um rio sem água.
Um mar sem peixes,
Um céu sem estrelas...
Um corpo sem espírito.
Assim são as mulheres.
E ainda existe quem diga que elas são sexo frágil.
Imagina se fossem fortes! Como seriam?
Os homens precisam admitir,
Podem até dominar o mundo,
Mas as mulheres os dominam,
Porque simplesmente são mulheres,
O horizonte que todo homem busca,
O porto que todo homem precisa para ancorar,
Simplesmente a razão da existência humana.

Francis Gom

07 março, 2011

Meus queridos, como eu havia comentado, que estaria sempre falando do meu livro, ECOS DO SILÊNCIO, que será lançado dia 09 de Abril, no Centro Cultural Francisco Carlos Moriconi, 682 Centro de Suzano. como já postei a capa, agora estou postando a capa,mas uma parte da orelha onde fala um pouco de minha história literária.
Este, podem ter certeza, é um bolo preciso, com recheios de poemas e poesia que  provavelmente, mexerá com vossas emoções, em todas as fases da vida.
Tenho a honra de vos apresentar a capa do meu Livro:












É por ser mais poeta que gente que sou louco.
(Fernando Pessoa)

Se eu morrer novo sem poder publicar livro nehum,
sem ver a cara deste meus versos impressos,
não fiquem tristes.
se assim acontecesse, assim teria que ser.
mesmo que os meus versos nunca fossem impressos,
eles teriam sim alguma beleza se fossem belos.
mas eles não podem serem belos e ficarem sem imprimir.
mas se eu morrer muito novo. Não chorem, não terei morrido antes
nem depois certamente será o exato tempo determinado.
e acreditem nunca fui se não uma eterna criança
a brinca com as palavras, sendo gentio com o sol,
e enamorado pela lua.
sem querer ir mais longe do que sou capaz,
mas sem desistir dos meus sonhos.
sinto um alegria enorme
por que meus versos ão de serem publicados
antes de eu morrer.
mas se eu soubesse que amnhã morreia,
morreia contente,
portando eu pederia que não chorassem em volta do meu caixão
se quiserem dancem, cantem, celebrem a vida.
e se quiserem escrever minha biografia,
tem apena duas datas,
o dia do meu nascimento e da minha morte.
e saibam que vim como um danado ao mundo,
apesar de sentir-me humano dos pés a cabeça,
sei que é por ser mais poeta que gente que sou louco.


Adaptações de textos do poeta Fernado Pessoa


Francis Gomes

06 março, 2011

Meus amados, chegou o momento que eu preciso divulgar meu livro, e todo meu trabalho como escritor, poeta e cordelista. Por isso digo que  conto com a presença de todos meus amigos, escritores e leitores que gostam e admiram meu trabalho como poeta e cordelisa. continuarei cada dia mais falando do meu livro  de poesias, ECOS DO SILÊNCIO, que será feito o primeiro lançamento dia 09 de Abril no Centro Cultural Francisco Carlos Mouricon 682, centro de Suzano, São Paulo. Mas até lá estarei divulgando o livro e também meus livretos de cordel, que quiser adquirir pode ser diretamente com o poeta, este que vos escreve, pelos contado que estão no blog.
Um pouco do meu primeiro cordel, mas já esta em produção um outro que fala de uma criança que nasceu parecido com um cabrito, aguardem e leiam parte do:

O CAIPIRA FEIO E ACADEMIA I



O caipira feio e a academia



Seu moço eu nasci na roça
Debaixo de uma paioça
Bem no meio do matagar,
Estória que eu ouvi dizer,
Que quando eu fui nascer
Mamãe danou-se a gritar
Gritava numa artura!
Que meu pai Mané Ventura
Ouvia lá do currar.

Este homem se assustou
Deu um pulo e perguntou:
- Menino o que diacho é isso?
O que está acontecendo?
Quem diabo é que está fazendo?
Todo este rebuliço?
O cabra saiu correndo,
Chegou em casa dizendo:
- Mazé; o que peste é isso?

Mais gritando que falando
Se retorcendo e chorando
Minha mãe veio a dizer:
- Homem deixe de besteira,
Vá chamar logo à parteira
Teu filho está pra nascer.
Mas o caboco fez de tudo
Fez careta ficou mudo
E não conseguiu se mexer.

Nesta hora a coisa fedeu,
Minha mãe quase morreu
E meu pai sem se mexer.
Foi tanta gritaria
Que a vizinhança corria
Desesperada pra ver.
A parteira dona Odila
Foi à primeira da fila
A começar a correr.

E quando a mulher chegou
Que meu pai ela avistou
Entrevado sem mexer,
Era minha mãe gritando!
E o homem só espiando
Sem ele nada fazer,
Quase que foi a loucura
Gritando: - Mané Ventura
Vai deixar a mulher morrer?

Começou a correria
Traz pano, traz a bacia,
Bota a água pra ferver.
Outro gritava lá de fora,
-Vala minha Nossa Senhora
O menino não quer nascer
De repente ouviu-se um grito
- Meu Deus que bicho esquisito,
- O que isto venha a ser?

A parteira aperreada
Gritando desesperada,
-Traz a luz pra clarear.
E quando a luz chegou
Que a parteira olhou,
Começou se arrepiar,
Vendo o jeito de dona Odila,
Todo mundo já fez fila,
Correndo pra espiar.

- Meu Deus o que é aquilo?
Só de cabeça mais de quilo!
Mas que bochecha tão cheia!
O beiço todo encarnado,
O olho arregalado
Sem pelo na sobranceia.
Mas nem parece com gente,
E já nasceu com dois dente
Credo em cruz que coisa feia...

Quer ler o restante Deste e muitos outros dos dezesete cordeis do escritor? Entre em contato e adquira os seu.

Abraço a todos.

Francis Gomes

(11)  76154394

03 março, 2011

ELE ESTÁ CHEGANDO

Meus queridos, a partir de hoje, vocês veram muito esta imagem no meu blog e em outros blogs também. Demorou mas estou apresentando para todos vocês, a campa do meu livro. ECOS DO SILÊNCIO.
como gosto de mistérios, estou apresentando apenas parte da capa sem as orelhas, na próxima pastagem apresentarei com uma das orelhas e assim sucessivamente até completar a capa. Depois se tiver tempo antes do lançamento e se meus assessores, acharem por bem, rsssssssssss, apresentarei, os convites que estarei também enviando a todos que eu conheço, por e-mail os que moram longe e pessoalmente entregarei a muitos  que eu conheço e tenho a honra de tê-los no lançamento do meu livro. terá também marca páginas e meu carta de visita, tudo personalizado com a capa do livro. Eu quem diria?
Autor de 16 livretos de cordel,
Participei de três coletâneas,
Várias revistas,
Premiado em concursos literários,
Presidente por dois mandatos da Associação Cultural Literatura no Brasil,
Participação e vídeos literário e CD de literatura, e muito mais, e agora meu LIVRO,
graças a Deus, meu amigos  ACLB, e um amigo em especial, que sempre cobrou a lançamento deste livro, e me incentivou a ser o cordelista que hoje sou e que ainda pretendo chegar muito além,  SACOLINHA, meu brother meu amigo, e grande escritor, valeu meu amigo por tudo que tem feito até aqui pela literatura.
e Jamais vou esquecer desta força, por isso quero lembrar-te agora, se você tiver esquecido. No dia do lançamento de seus primeiro livro, GRADUADO EM MARGINALIDADE,  ao autografar você escreveu:   QUE VENHA O TEU LIVRO,  ele está chegando e é tão meu quanto seu meu brother.


Um Cearense arretado
Analfabeto acanhado
Que mau aprendi ler,
longe de ser malandro
aos poucos fui estudando
E aprendendo escrever.

Ele é uma conquista
De um morador do Revista
Que nasceu em Assaré
Viveu em Farias Brito
Terra de povo bonito
E sertanejo de fé

Abraços a todos

Francis Gomes