28 fevereiro, 2010

PARA MAIORES DE 18 ANOS

A ESSA HORA

A essa hora tem alguém metendo,
Metendo a cara na parede,
Metendo na cama, na rede,
Em cima de uma mesa de bilhar.
A essa hora ,tem alguém metendo
Em algum lugar.

A essa hora tem alguém se masturbando,
Alguém metendo a mão no seu bolso,
Metendo a mão no seu imposto,
Tem alguém lhe roubando.

A essa hora, tem alguém metendo,
Metendo sem camisinha,
Metendo por meter,
Metendo por um puro prazer.
A essa hora tem alguém pegando gonorréia,
Alguém lhe passando uma doença
Sem a mínima ideia,

A essa hora tem alguém metendo,
Metendo a mão na cara de uma prostituta,
Chamando-a de vadia,vagabunda e puta.
A essa hora tem alguém metendo,
Metendo a cara na cara da AIDS,
Mesmo sabendo que pode morrer.
A essa hora tem alguém perto de você,
Que por ignorância está com HIV.

A essa hora,
A essa hora
Tem alguém metendo
E você? vai ficar sem meter?

Paulo odair.
Poesia (hic) do livro ¨AMOR LÚBRICO¨
Email, PAULODAPOESIA@HOTMAIL.COM
BLOG, HTTP://PAULOODAIRDAPOESIA.BLOGSPOT.COM/
TEL FIXO, 011-4743.1304 (APÓS AS 19 HORAS)
CEL, 011-7234.1382 E 7495.0175(vivo)


27 fevereiro, 2010

POESIAS PARA DEFICIENTES VISUAIS.

Olá pessoal, agora temos poesias que todos possam compartilhar.Muito breve estarei com um cd mp3 que é lido no computador.É um trabalho em braille feito em parceria com a Fundação Dorina Nowill, muito conhecida e reconhecida pelo seu trabalho junto aos deficiêntes visuais.quem precisar de maiores informações entre em contato comigo pelo meu e-mail, paulodapoesia@hotmail.com.
meus telefones para contatos: 011-4743.1304 celulares: 011-7234.1382 e
7495.0175(VIVO).

25 fevereiro, 2010

TROCA DE LIVROS.

Olá pessoal, dia 27 de fevereiro ,estarei no Centro Cultural Francisco Carlos Moriconi( Biblioteca)Rua Benjamin Constant 682 Centro. Suzano-SP.
Compareçam para trocar livros , batermos aquele papo gostoso e também compartilhar ideias. Das dez da manhã às 16 horas, estarei nesse que é meu, seu, nosso Espaço Cultural. No mês de março, o imperdível Pavio Erótico com a presença da internacional Deby Maçaneta.
Conto com a sua presença.
Abraços,
Paulo Odair-poeta
E-mail, paulodapoesia@hotmail.com
Blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com
Tel:011-4743.1304( após as 19 horas)
Cel. 7234.1382 e 7495.0175 (vivo)

Compareçam!

Feira de Troca de Livros e Gibis acontece neste sábado


Neste sábado (27/02) a Prefeitura de Suzano em parceria com a Associação Cultural Literatura no Brasil, realiza mais um vez na cidade a Feira de Troca de Livros e Gibis que será realizada das 10h às 16h, no hall de entrada do Centro de Educação e Cultura "Francisco Carlos Moriconi" (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP).
A feira é realizada todo último sábado do mês.
Os interessados podem comparecer no espaço e fazer troca no stand da prefeitura, da associação ou trocar com outros usuários que estiverem no local.
Gêneros como romance, poesia, crônica, cordel e HQ, fazem parte do acervo de troca da feira.
O objetivo é criar um espaço de convivência entre escritores, poetas, colecionadores, educadores e leitores em geral.
A entrada é gratuita e não tem classificação etária.
Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (11) 4747-4180.

Sacolinha no Rap

Escritor Sacolinha cantando Rap num sarau, com participação de Cákis no violão e Cosme Nascimento na percussão.

24 fevereiro, 2010

POESIA.

COINCIDÊNCIAS.

Escrevi uma carta,
Mas, não a coloquei no correio.
Não sei, por que, faltou-me coragem,
Indeciso, guardei-a comigo.

Logo, uma carta ,me veio
E dizia assim:
Considere-se um amigo,
O nosso amor, chegou ao fim.

Engraçado, o que escrevi,
Tinha o mesmo teor,
Porém, com mais suavidade
Então, não me surpreendi.

Pensei, pensei bem
Rasguei a carta que escrevi
Mas guardei a recebida.
São coisas do amor, coisas da vida.

Do livro:POESIA SUA VEZ-(2008)Paulo Odair.
E-mail, PAULODAPOESIA@HOTMAIL.COM
BLOG, HTTP://PAULOODAIRDAPOESIA.BLOGSPOT.COM
CEL, 011-7234.1382 E 7495.0175 (VIVO)

22 fevereiro, 2010

Literatura e Áudio Visual

Já está disponível no youtube o Vídeo-Literatura que produzimos e lançamos em dezembro passado na cidade de Suzano com 8 membros desta associação de literatura interpretando seus próprios textos.
A parceria é com o coletivo NCA - Núcleo de Comunicação Alternativa, que nos ajudou na produção.
O material é de qualidade, e pode ser trabalhado nas escolas, ong's, Fundação Casa e noutros lugares onde os educadores têm dificuldades de trabalhar com literatura.


Descrição do vídeo: Vídeo-Literatura Projeto Experimental da Associação Cultural Literatura no Brasil gravado e lançado em dezembro de 2009

Palavras-Chave: Guel Brasil, Paulo Odair, Aldigênio, Nelson Olavo, Sacolinha, Francis, D. Elisabete, Cákis, Poesia, Literatura, Suzano
Obs: O vídeo segue abaixo, no post da Dany Morais

A.C. Literatura no Brasil.... Crescendo a cada dia que passa.

Para quem não se lembra, ou pra quem é novo no blog... "O projeto cultural Literatura no Brasil, foi posto em prática num momento de revolta, tornando assim um depósito de desabafo não só para o idealizador do projeto, mas sim para todos aqueles que enviam seus trabalhos para serem divulgados pelo Literatura no Brasil.
Dia 1 de Dezembro de 2002, a cultura da periferia ganhou mais um aliado.
Esse projeto conta com uma comissão literária e tem contato com diversos estados.
Desenvolver debates, palestras, saraus, eventos beneficentes de hip-hop e explorar murais são umas das atividades que o Literatura no Brasil mais pratica.Outro papel fundamental do projeto, além de incentivar a leitura, é a divulgação de escritores anônimos. Escritores que já tem trabalhos lançados, mas não tiveram uma oportunidade para mostrar o seu talento." - POR.. Ademiro Alves, o Sacolinha. (Fundador da ACLB)...

Hoje a Associação Cultural Literatura no Brasil só vem crescendo, ja temos registro, livro publicado, lançamos concursos culturais,escritores antes desconhecidos, ou por falta de oportunidade, ou por vergonha de mostrar seu trabalho, que hoje são reconhcios e aplaudidos a cada apresentação. Temos incentivado muitas pessoas que não liam,e que hoje amam as letras, tanto na leitura quanto na escrita.

E se quise colaborar com o crescimento cultural da sociedade, é so doar seus créditos da
Nota Fiscal Paulista para a Associação Cultural Literatura no Brasil.
Na hora de suas compras informe nosso CNPJ e seja um alicerce para o crescimento da nossa cultura Brasileira...
CNPJ: 09.160.836.0001-28

É, a L.B não é fraca não... Vejam nosso 1º Video Literatura, e passem adiante...
Parte 1...




Parte 2...

18 fevereiro, 2010

Pavio da Cultura


Pavio da Cultura volta dia 20/2

No sábado (20/02) será realizada a primeira sessão do ano do tradicional Pavio da Cultura, a partir das 20h, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP).
O Pavio da Cultura é um sarau cultural com música, literatura, cinema, teatro e dança, que virou tradição na cidade de Suzano, sendo realizado todos os sábados em um centro cultural da cidade. Nesta edição o poeta Sergio Vaz será o homenageado do mês.

Haverá exibição do "Vídeo-Literatura", documentário que conta com 8 escritores da Associação Cultural Literatura no Brasil interpretando seus próprios textos, entre contos, poesias e cordel.
Os interessados em se apresentar devem chegar com 30 minutos de antecedência.
Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (11) 4747-4180.

16 fevereiro, 2010

POEMA, CHARLES CHAPLIN

POEMA DA NOITE.

Já chorei vendo fotos e ouvindo músicas,
Já liguei só para ouvir uma voz.
Me apaixonei por um sorriso,
Já pensei que fosse morrer de saudade
E tive medo de perder alguém especial...( e acabei perdendo).

Já pulei de tanta felicidade,
Já vivi de amor e fiz juras eternas...(quebrei a cara muitas vezes).
Já abracei quando não podia,
Já fiz amigos eternos.

Amei e fui amado,
Mas também já fui rejeitado,
Fui amado e não amei...
Charles Chaplin.

Ressaca


Somente ela é capaz de colocar
Ricos e pobres, homens e mulheres, jovens e adultos
De joelhos diante do trono

Expiando seus males estomacais
Fazendo promessas de nunca mais fazê -lo
Fazendo planos de uma vida abstêmia

E ele ouve, silencioso
E eles falam com a certeza da confidencialidade
Garantida com a enxurrada
Que leva tudo embora

15 fevereiro, 2010

POESIA

PRIMAVERA.

Vera, chegou a primavera,
Logo mais é verão, outono,
Quanto invernos também,
Vera, ainda virão?

Primavera, verão, outono e inverno,
Quatro estações diferentes.
Mas seja lá a estação que for,
Quero tê-la no meu coração,
Vera, meu único amor.

Tantas Veras no mundo
E, eu sei, me perguntarão
Porque fui logo escolher você,
Para ser minha paixão?

Simplesmente, vou responder:
Escolhi minha prima Vera,
Porque Vera, minha prima,
Mora no meu coração.

Paulo Odair.
Do livro,** Canto porque preciso cantar**
Lançado em dezembro de 2009.
Autor, Paulo Odair.
E-mail, Paulodapoesia@hotmail.com
BLOG, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com/
contatos: 011-7234.1382 e 7495.0175.
Tel. fixo: 011-4743.1304




12 fevereiro, 2010

Mensagem.

Vai, os outros derrubam porque você já estava mesmo no chão.
Ou você acha que alguém cai de algum lugar? Não cai, não.
É você que se põem para baixo, porque você mesmo não se gosta.
Luiz Gaspareto.
Do livro ¨Calunga. Um dedinho de prosa.
Um livro com 262 páginas.
Recomendo à todos. É ótimo.
Paulo odair-poeta
Blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com
E-mail, paulodapoesia@hotmail.com

Trocando Ideias

Trocando Ideias discute "Colecionador de Pedras"


Promovido tradicionalmente todo mês pela Associação Cultural Literatura no Brasil, com o apoio da Prefeitura de Suzano, o Trocando Ideias de fevereiro será realizado no dia 23, a partir das 20h, no Centro de Educação e Cultura "Francisco Carlos Moriconi" (Rua Benjamin Constant, 682 - Centro - Suzano - SP). Desta vez, o livro de poesia "Colecionador de Pedras", do poeta Sergio Vaz, foi escolhido para ser discutido entre os presentes. Serão abordados o conceito, o tempo e o espaço da obra, além do processo de construção dos personagens.
A facilitação do debate ficará na responsabilidade da historiadora Irlandia Freitas dos Santos.
Qualquer pessoa pode participar gratuitamente, desde que tenha lido o livro.
Informações: 4749-0384 / 7615-4394

Feira de Troca de Livros e Gibis

Feira de Troca de Livros e Gibis no último sábado

No dia 27/02 a Prefeitura de Suzano em parceria com a Associação Cultural Literatura no Brasil, realiza mais um vez na cidade a Feira de Troca de Livros e Gibis que será realizada das 10h às 16h, no hall de entrada do Centro de Educação e Cultura "Francisco Carlos Moriconi" (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP).
A feira é realizada todo último sábado do mês.
Os interessados podem comparecer no espaço e fazer troca no stand da prefeitura, da associação ou trocar com outros usuários que estiverem no local.
Gêneros como romance, poesia, crônica, cordel e HQ, fazem parte do acervo de troca da feira.
O objetivo é criar um espaço de convivência entre escritores, poetas, colecionadores, educadores e leitores em geral.
A entrada é gratuita e não tem classificação etária.
Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (11) 4747-4180.

11 fevereiro, 2010

IMAGENS DO SARAU NO IBIRAPUERA


Dany Moraes e D. Elisabete

Cákis e Sacolinha

Cákis "Violentamente Pacífico"

Jady

Márcio Sam
Paulo Odair

Dany Moraes


Guel Brasil

Alanda e Jady

Maria Cristina

Sylvia Seny
o público atento
que sorrisos lindos!!!

ganhamos livros

Débora Garcia
D. Elisabete e Renato esbanjam simpatia

Alanda e Jéssica prestigiam as respectivas mamães...
...Landy

e Cris, recitando pela 1ª vez

Renato (de camiseta preta)

Yoseph

Cosme e S. Valdivino

Francis Gomes

o lanche comunitário

O SEGREDO

Trovões e relâmpagos explodem no céu
e para-ráios em edifícios mostram sua função.
Em poucos minutos a rua fica alagada.
Pessoas correm molhadas e dão pulos de atletas
em direção a calçada,enquanto outras simplesmente
dobram as calças e enfiam o pé na água.
Observando tudo isso,sentado em frente a um edifício,
busco inspiração para minha escrita,
poderá ser um conto ou uma poesia.
Olho para um lado e vejo água invadindo a calçada,
olho para outro e vejo um lindo rosto que muito me agrada.
Do nada lhe dirijo a palavra e Literatura no Brasil
por mim já é logo divulgada.
No passado podia dizer:sorte a minha, pois a garota além
de linda,gosta de rima e escreve poesia.
Eu a convidei para um sarau e se associar a Literatura
no Brasil,disse que precisava dela e de sua sensibilidade.
Coincidimos pois ela lia o Segredo e como eu buscava positividade.
Observação e sensibilidade é um dom,
que tem que ser lapidado.
Eu procurava inspiração,agora tenho a chuva e a garota do meu lado.
Quando o telefone tocou era sua irmã e você disse:
_Como é bom saber que alguém se preocupa com a gente.
_Agora que tenho seu fone,para que não se sinta sozinha,eu te ligarei às vezes.
Mas saiba que você ganhou da chuva,
é a protagonista dessa poesia.
Enquanto escrevo,pela janela do quarto
ouço o barulho da água que lá fora
continua caindo.


cákis
kkis1@hotmail.com
Literatura no Brasil

só os manos que fazem a diferença.
LITERATURA NO BRASIL, ao som da
já conhecida
''PAZ E AMOR''

Podia ser antes





Quando a ví
estava linda,
estava muito bela.
Eu me aproximei,
e fiquei à sua frente,
esperando que me olhasse
e isso não aconteceu.
Por termos amigos em comum,
aquele dia nos encontramos
e pra mim foi muito bom.
E só queria tê-la,
conhecido antes.
Na sala de sua casa,tinha muita gente
vários amigos e também parentes.
Havia uma mesa bem no canto,
onde peguei um café,que estava na
garrafa térmica ao lado de um
pote com bolachas,
e enquanto tomava fiquei pensando;
_Eu me apaixonei por essa mulher,
logo que a vi e juntos muitas coisas
podíamos fazer.
Se não estivesse agora,deitada nesse caixão,
prestes a ser enterrada.

cákis

10 fevereiro, 2010

RECORDAR É PRECISO (.SAMBA)

MEUS TEMPOS DE CRIANÇA.

Eu daria tudo que eu tivesse,
Pra voltar aos tempos de criança.
Eu não sei prá que que a gente cresce,
Se não sai da gente essa lembrança.

Aos domingos missa na matriz,
Da cidadezinha onde eu nasci.
Ai meu Deus eu era tão feliz,
No meu pequenino Miraí.

Que saudade da professorinha,
Que me ensinou o be-a-bá.
Onde andará Mariazinha,
Meu primeiro amor onde andará.

Eu igual a toda meninada,
Quantas travessuras eu fazia.
Jogo de botões pela calçada,
Eu era feliz e não sabia.

Samba, composição de Ataulfo Alves.
Ataulfo Alves, cantor e compositor.
Nasceu no dia 02-maio-1909
Faleceu em 1981.

Paulo Odair.
E-mail, paulodapoesia@hotmail.com
Blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com/
Contatos, cel: 011-7234.1382 e 7495.0175 (vivo)
Tel. fixo: 011-4743.1304 ( após as 19 horas)
Cinco livros publicados.

09 fevereiro, 2010

POESIA

RUA-II

Que rua é essa?
Onde muitos, fazem sua morada?
Qual o mistério, o segredo?
Será a magia, da tão procurada liberdade.?

Rua de livre trânsito
E não é de ninguém.
Noites frias, chuvosas, o desconforto,
Às vezes o brilho morto da lua.

Sempre repleta de gente,
Que anda a esmo pelas avenidas,
Quem sabe, talvez à procura de si mesma,
Tentando se reencontrar.

Então, que rua é essa?
Rua de aventuras, coragem, medos!
Seria apenas e tão somente,
Rua da Viagem, seu nome?

Paulo Odair.
08-02-2010
blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com/
e-mail, paulodapoesia@hotmail.com
cel, 011-7234.1382 e 7495.0175(vivo)
tel. fixo: 4743.1304-(após as 19 horas)


08 fevereiro, 2010

Concurso de marchinhas carnavalescas 2010.

Débora, Estevão Ray e a Banda "Os Cândidos"


Olá queridos amigos. Primeiramente, o meu obrigado aqueles que puderam comparecer, e aqueles que não puderam, mas ficaram torcendo por mim.
Apesar do pouco público, devido à chuva, o concurso foi muito bom. Todas as marchinhas eram divertidas, com bom conteúdo político e temas atuais.
A marchinha campeã de autoria de Zuke e Nelsinho - Estão dando o golpe no distrito federal - falava sobre os últimos vergonhosos episódios de corrupção na capital do nosso país. O público entoou como um desabafo o refrão " Vejam só que coisa feia. O que eles merecem? Cadeia!". Parabéns aos vencedores!
A banda intitulada na hora de "Os candidos" em homenagem ao prefeito Marcelo Cândido que acompanhou toda a festividade, deu um show, superando as falhas que aconteceram na 3°adição do concurso em 2009.
A organização como um todo, também foi muito boa, as apresentações tiveram início pontualmente, não acabaram tarde e não foi cansativo, pois o número de apresentações foi delimitado a 20 músicas.
Apesar de não ter levado o premio, foi gratificante a experiência. E eu sigo caminhando, cantando, escrevendo e coisa e tal.
Um grande beijo e até a próxima.

LEMBRETE.

Escreva, leia, crie.
Compartilhe a sua imaginação.
Ler, escrever, faz bem para a alma,
Para o coração.

Paulo Odair-8,00 hrs-08-02-2010.

POESIA.

COINCIDÊNCIAS.

Escrevi uma carta,
Mas, não a coloquei no correio.
Não sei por que, faltou-me coragem,
Indeciso, guarde-a comigo.

Logo, uma carta me veio
E dizia assim:
Considere-se um amigo,
Nosso amor, chegou ao fim.

Engraçado. O que escrevi,
Tinha o mesmo teor.
Porém, com mais suavidade,
Então, não me surpreendi.

Pensei, pensei bem
Rasguei a carta que escrevi
Mas guardei, a recebida.
São coisas do amor, coisas da vida.
Paulo Odair.
do livro: POESIA SUA VEZ-2008.
Blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com/
cel:011- 7234.1382 e 7495.0175(vivo)
TEL FIXO, 011-4743.1304 (APÓS AS19 HORAS)

07 fevereiro, 2010

Sabedoria animal

Há bicho tão inteligente,
Que pra ser gente,
Só falta falar,
Enquanto muitos,
Para ser bicho,
Não falta mais nada,
Evoluiu, até aprendeu falar,
Só não obedece
Coisa que muitos bichos fazem.

05 fevereiro, 2010

LEMBRANÇA!!!!

Dia 20 de janeiro , o primeiro Sarau Cultural do ano. Mais conhecido como, PAVIO DA CULTURA. Entrada franca, acesso à todos. Participe você também. Dentro de cada um de nós , há um pouco de poesia e arte.
Se você canta, toca violão ou outro instrumento, chegue com antecedência de quinze minutos, para dar o seu nome e mostrar que pode nos compartilhar.
O enderêço é: Rua Benjamim Constant nº 682- Centro, Suzano-SP.
Horário: das 20,00 , às 22,00 hrs.
Venha, participe, eu, voçê, nós fazemos a DIFERENÇA!!!
Paulo Odair, blog: http://pauloodairdapoesia.blogspot.com/
celulares:011-7234.1382 e 7495.0175 (vivo)tel fixo-o11-47431304 (após às 19 hrs)
E-mail, paulodapoesia@hotmail.com

04 fevereiro, 2010

SERRA DA BOA ESPERANÇA.

Levo na minha cantiga
A imagem da serra,
Sei que Jesus não castiga
Um poeta que erra.
Nós os poetas erramos,
Porque rimamos também,
Os nossos olhos, nos olhos
De alguém que não vem.

Parte da música ¨Serra da boa esperança¨
Composição de Lamartine Babo.
Lamartine Babo: nome verdadeiro, Lamartine de Azevedo Babo.
Nasceu no dia 10 de janeiro de 1904
Faleceu no dia 16 de junho de 1963, com 59 anos. (Vitimado por um infarto.)
Formado em Ciências Jurídicas e Sociais , na então Faculdade
De Direito da Universidade do Rio De Janeiro, atual Faculdade Nacional
De Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ)

01 fevereiro, 2010

coração perdido

alguém viu meu coração? dei ele para uma pessoa mas ela não quis, jogou fora. boba ela, né?
afinal de contas não é um presente qualquer. é o responsável pelas minhas emoções, meus sentimentos minhas verdades e minha alma.
pois não sou aquele que trabalha com a razão e sim com ele! o coração.
logo sem ele sinto-me como um ser sem vida, sem calor, sem medo; não consigo sorrir nem chorar .
portanto, se meu coração alguém achar, por favor, me devolva pois não vejo a hora de voltar a amar.

marcio sam

Cidadania , um direito de todos

Os direitos descritos na constituição
São exemplos perfeitos de cidadania
Em 2010 se faz 122 anos de abolição
E ainda hoje se os capitães do mato
fardados me pegam,
tenho que dar satisfação;
Tá indo pra onde,tá vindo da onde?
Quando eu pergunta vê se responde.
Moro no centro da cidade
e não tenho lugar fixo
Posso descansar tranquilo
em um banco reservado que tenho na praça
ou dormir embaixo de alguma disputada marquise.
O nepotismo,tomou minha vaga de emprego
Portanto o sopão que os samaritanos
dão na praça,é o meu único alimento.
Não gosto de disputar vaga para dormir em albergue
Mas a assistente social disse que é esse o meu direito.
Lá encontro pessoas velhas,pessoas jovens
Todas acumuladas em um galpão.Parece senzala.
Excluídos,marginalizados,escória da sociedade.
Todos tem identidade,mas foram os direitos de ser cidadão
que os privaram da liberdade.
A situação da escola está precária
por isso ela foi fechada
Na ''escola para todos''ninguém repete
Se 2+2=é 7,não tem problema
O que interessa é responder um presente
e não obter faltas frequentes
Através de alguns livros que encontrei na lixeira
adquiri conhecimentos e sei quais são meus direitos.
Sou um ser pensante que às vezes
quando dói minha cabeça,por não ter residência
não consigo tratamento.
Quando olho para praça,vejo várias famílias
embaixo da árvores.
Algumas tristes,outras sem expressão
os mais jovens eufóricos,com a destruição libertária
Cachimbo de crack,lata de tinner,garrafa de pinga na mão.
Eles são seres humanos,não são plantas.
O que fazem morando no jardim da praça?
Eu sou um cidadão,eu sou um número,uma estatística.
Eu não tenho dinheiro,não tenho emprego.
Não tenho mais saúde pra morar na cadeia
Eu não quero quando morrer ser enterrado,como indigente.
Eu quero respeito,porque eu sou gente.
Antes de morrer,quero ver acontecendo
Pessoas relmente desfrutando dos seus direitos
Saindo de um pensamento utópico do subconsciente
pra se tornar concreto,pra toda nossa gente.
Eu sou um cidadão,não desfruto dos direitos da constituição
Mas assim sobrevivo... nesse mundo cão.
Podem me privar fisicamente,mas não podem acorrenter meus pensamentos.
Enquanto durmo no banco da praça,mesmo sem segurança nenhuma
o sopão servido me traz um conforto,e assim consigo sonhar.
De que algum dia,os revolucionários se juntem
e essa situação possamos mudar.

cákis
kkis1@hotmail.com
www.literaturanobrasil.blogspot.com

Já assistiu?

Matéria da TVT sobre o projeto Literatura e Paisagismo - Revitalizando a Quebrada do escritor Sacolinha.