28 fevereiro, 2007

Teatro Oficina

"OS SERTÕES" DO TEATRO OFICINA UZYNA UZONA ESTÁ ONLINE

Ligue-se no www.teatroficina.com.br
para assistir em tempo real as apresentações dos 5 espetáculos de OS SERTÕES, baseado na obra de Euclydes da Cunha, com direção de José Celso Martinez Corrêa, com patrocínio da Petrobras.

Todos os finais de semana, a partir de agora, cada uma das peças terá
transmissão ao vivo via internet, ao mesmo tempo em que acontecem as
gravações para edição de DVDs, que se tornará o "longa mais longo da
história".

Ao todo são 25 horas de espetáculo divididas pelas 5 peças: A TERRA, O HOMEM
1, O HOMEM 2, A LUTA 1 e A LUTA 2, em um dos projetos mais ousados das artes
cênicas mundiais. A saga sertaneja iniciada em 2001, com base no clássico OS
SERTÕES, de Euclides da Cunha, tem como inspiração impedir o massacre do
Teatro Oficina e ao mesmo tempo ampliar o movimento pela criação do Teatro
de Estádio, da Universidade de Cultura Popular Brazyleira de Antropofagia e
da Uzyna Tropical de Florestas.

Construída com a atuação aberta das platéias durante os ensaios e recriada,
permanentemente, nos seus quase 300 espetáculos em São Paulo,
Recklinghausen, São José do Rio Preto e Berlim (Teatro Volksbühne), OS
SERTÕES traz para os palcos a Guerra de Canudos e ainda a formação do homem
brasileiro e toda a geografia do sertão. Pelas mãos da Companhia Uzyna
Uzona, plantas, animais, rios e montanhas ganham vida e viram personagens na
primeira peça: A TERRA, que será transmitida nesse fim de semana.

Conecte-se. A tragicomédiaorgya está na rede.
As transmissões serão feitas acessando diretamente o site do Teatro Oficina,
seguindo o horário de Brasília. Acompanhe:

A TERRA 24 de fevereiro, às 18h * 25 de fevereiro, às 19h
Direção: Tommy Pietra (duração: 3h30)

O HOMEM 1 03 de março, às 19h * 04 de março, às 19h
Direção: Fernando Coimbra (duração 4h30)

O HOMEM 2 10 de março, às 19h * 11 de março, às 19h
Direção: Marcelo Drummond (duração 5h30)

A LUTA 1 17 de março, às 19h * 18 de março, às 19h
Direção: Elaine César (duração 6h15)

A LUTA 2 24 de março, às 19h * 25 de março, às 19h
Direção geral: Eryck Rocha (duração 6h10)

26 fevereiro, 2007

Em Mauá

Literatura e leitura no Museu

Encontros de leitura e devaneio literário.

Local: Museu Barão de Mauá
Centro de Referência da Memória e História da Cidade
Av. Dr. Getúlio Vargas, 276 – Vila. Guarani – Mauá – SP
Telefones: 4519-6456 – Fax. 4519-4011

Sextas-feiras – das 14h30 até as 16h00
Dias:
- 02 de março de 2007
- 16 de março de 2007
- 30 de março de 2007


Sarau no Museu
Sarau de todas linguagens

Local: Museu Barão de Mauá
Centro de Referência da Memória e História da Cidade
Av. Dr. Getúlio Vargas, 276 – Vila. Guarani – Mauá – SP
Telefones: 4519-6456 – Fax. 4519-4011
Domingo – das 15h00 até as 18h00.
- 11 de março de 2007

23 fevereiro, 2007

+ eventos

Alpharrabio Livraria e Editora
Rua Dr. Eduardo Monteiro, 151 – Santo André - SP
Tel.: (11) 4438.4358 – Fax: (11) 4992.5225
www.alpharrabio.com.br
http://blog.alpharrabio.com.br
alpharrabio@alpharrabio.com.br


Neste próximo sábado, dia 24.02.07, às 17h00, a livraria Alpharrabio, em festa, promoverá uma apresentação da Orquestra de Violeiros de Mauá, em comemoração ao aniversário de 15 anos de sua fundação, ocorrido no dia 21.02.07. Venha brindar conosco e prestigiar a Orquestra. Até lá
dalila teles veras


24.02.07 (sábado)17h00 – Recital com a Orquestra de Violeiros de Mauá.

O programa do recital não tem definição prévia, como é costume da Orquestra, correrá ao saber do "clima" do momento.

A Orquestra de violeiros de Mauá iniciou suas atividades dia 02 de agosto de 1990, tendo como objetivo principal resgatar e valorizar a autêntica música caipira.
Fundada no sistema de ONG, com sede na Igreja de Nossa Senhora das Vitórias, na Vila Vitória em Mauá, SP. Seus quase 60 integrantes não remunerados, sendo homens e mulheres numa faixa etária que vai de 10 a 80 anos. Após 16 anos e com quase 700 apresentações, A Orquestra de Violeiros de Mauá tem conseguido expandir sua arte com certa freqüência em festas populares, asilos, teatros, hospitais, praças públicas, rádio, televisão, jornais e revistas.
Como registro do resgate da arte, a Orquestra de Violeiros de Mauá, até agora produziu 5 trabalhos fonográficos, sendo o primeiro e o segundo em formato de LP, o terceiro, quarto e o quinto em formato de CD. Constam nestes trabalhos clássicos como: “Saudades de Minha Terra”, “Cabocla Tereza”, “Cavalo Preto”, “Chico Mineiro” e outros.

21 fevereiro, 2007

Calçadão Cultural

Todos os sábados, das 10h às 17h, a Associação de Artistas Visuais e Plásticos de Suzano (ASAVP) e a Associação Cultural Literatura no Brasil, promovem o "Calçadão Cultural", uma feira de artes que acontece em frente ao Centro Cultural de Suzano.
Neste sábado, dia 24, a Associação Literatura no Brasil vai promover um Sarau de Improviso, ao vivo e a cores e sem microfone.
Quem quiser participar é só comparecer no endereço e horário abaixo:
Serviço:
Calçadão Cultural - das 11h às 12h
Em frente ao Centro Cultural de Suzano
Rua Benjamin Constant, 682 - Centro - Suzano - S.P

17 fevereiro, 2007

Mês da mulher vem aí

Mulher, em meus sonhos
Em teus braços
Minhas lágrimas descem pelo teu ventre
E se embebedam do perfume do teu corpo
Mulher, quem você é?
Que só me tens desprezado.
Fico confuso como uma criança é difícil me conter.
Não, não feches os teus braços sobre a minha tristeza não!
Sou homem, sou poeta.
Sua pureza tem mil faces e mil portas.
Teus cabelos, têm o cheiro da flor mais pura e bela do campo.
Melhor seria morrer ao ver-te morta,
E nunca poder te tocar.
Sinto o vento do mar em meus braços.
Anjo, sinto o calor do teu corpo, mas não a vejo.
Como passarinho, faço ninho no tempo.
Corre, corre, lagrimas de saudade.
Afogai-me, tirai-me deste tempo.
Levai-me, para o campo das estrelas.
Entregai-me, depressa à lua cheia.
Dai-me, o poder e a chave do seu coração.
Dai-me, a luz de teus olhos.
Dai-me, um pouco de sua atenção.
Que eu não posso mais fingir.
Quero fugir, quero você mulher.
Quero deitar em teu colo.
Quero seu carinho.
Quero um chamego.
Quero sentir teu cheiro.
Quero viajar na imaginação,
Em teus braços.
Quero voltar a ser criança
E por um minuto sentir
o calor do teu beijo em meu rosto.
Pelo menos em meus sonhos.

13 fevereiro, 2007

Sarau no Presídio Feminino

Conforme prometido, segue abaixo as fotos do Sarau feito no Presídio Feminino de Santana no dia 13 de dezembro de 2006.

Perfil

Escritor Sacolinha presenteando uma interna de 52 anos
Escritor Luiz Alberto Mendes


Mulheres do Projeto Leitura Ativa com interna


O poeta Mavot Sirc

Seu Lourival com duas internas



Esperança de voltar pra casa

Sorrir ainda é possível


Três internas



O poeta, escritor e dramaturgo Allan da Rosa


Interna lendo um poema


André, um dos organizadores


Internas ouvindo poesia


Poeta Marcopezão


Pose final

12 fevereiro, 2007

Livraria Alpharrábio


Recital de violão, com Atilio Rocha

Dentro das atividades comemorativas do seu 15º aniversário, a livraria Alpharrabio promove, nesta quinta-feira, às 19h, um recital de violão com o músico Atilio Rocha.

Atilio Rocha, começou a estudar violão aos 13 anos de idade, com professores locais.
Ingressou na Escola Municipal de Música em 2004, onde estudou com Henrique Pinto e, posteriormente, com Celso Delneri.
Atualmente dá prosseguimento a sua formação na Universidade do Estado de São Paulo (UNESP), onde cursa bacharelado em violão, sob os auspícios de Gisela Nogueira e Giácomo Bartoloni.
Apresenta-se regularmente em recitais desde 1999. Possui um repertório vasto e eclético, que vai da renascença até o século XXI.
Programa

Pär Forsberg - 3 caprichos do jardim das ervas

I. Temperos rítmicos
II. Soneca matinal
III. Reminiscências desiguais

Roland Dyens – Libra Sonatina

I. Índia
II. Largo
III. Fuoco

Sérgio Assad – Aquarelle

I. Divertimento
II. Valseana
III. Prelúdio e Toccatina


Pär Forsberg – Compositor e violonista sueco. Os três caprichos aqui apresentados foram concebidos numa linguagem Stravinskyana, com ritmo forte e harmonias ásperas, com especial destaque para o uso do contraponto
Roland Dyens – Sua famosa libra sonatina não é uma sonata tradicional, mas uma espécie de brincadeira , utilizando elementos de jazz , tango , música brasileira (da qual é confesso admirador ), etc... É violonista , compositor e catedrático do conservatório de Paris.
Sérgio Assad – Integrante do Duo Assad, um dos mais importantes duos de violão do mundo , apresentamos aqui o talento de compositor de Sérgio, com sua bela e delicada Aquarelle.

Serviço:
Recital de violão com Atilio Rocha
Data: 15.02.07, às 19h
Local: Auditório da Livraria Alpharrabio
Rua Eduardo Monteiro, 151, Jardim Bela Vista - Sto. André - fone 4438-4358
Ingressos: R$ 5,00 (lugares limitados)

10 fevereiro, 2007

COLEÇÃO LITERATURA PERIFÉRICA

Aguardem, vem aí a Coleção Literatura Periférica, uma parceria da Global Editora com 5 autores moradores de bairros pobres da cidade de São Paulo.

1- Poesia
2- Conto
3- Romance
4 - Dramaturgia
5- Poesia

Trajetória Literária

Um grande projeto que movimentou a cidade de Suzano!

09 fevereiro, 2007

Convite

Alpharrabio Livraria e Editora
Rua Dr. Eduardo Monteiro, 151 – Santo André - SP
Tel.: (11) 4438.4358 – Fax: (11) 4992.5225
www.alpharrabio.com.brhttp://blog.alpharrabio.com.br
alpharrabio@alpharrabio.com.br


ALPHARRABIO – 15 ANOS
PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO
FEVEREIRO 2007


Olá, caro amigo(a),
Você é nosso convidado(a) especial para esta programação que vem para comemorar os 15 anos de existência da Alpharrabio Livraria e Editora. Por favor, anote em sua agenda. Prestigie e, se possível, ajude a divulgar. A entrada é franca para todas as atividades. Até lá e um forte abraço
Dalila Teles Veras e equipe.

09.02.07 – (sexta-feira) 18h00 – Abertura da exposição Biblioteca # 2
10.02.07 – (sábado), 10h00 – Documentário e degustação
15.02.07 – (quinta-feira), 19h00 – Recital de violão
24.02.07 – (sábado), 17h00 – Orquestra de Violeiros
28.02.07 – (quarta-feira) 15h30 – Cineclube Alpharrabio – Filme: Cidadão Kane

07 fevereiro, 2007

Leia o livro...

... um romance urbano feito por quem conhece o tema.

1 Incentivo a +

O PRAZER DA LEITURA!
(SÉRGIO VAZ)
Pouca coisas da vida me é tão claro quanto ao gosto e prazer que eu sinto pela leitura. Simplesmente adoro ler. Leio desde criança e nunca tive nenhuma dúvida sobre o poder impactante da literatura na vida das pessoas. Primeiro porque a literatura é democrática, não importa quem a seduza, ela é sempre generosa, dá para qualquer um e em qualquer lugar. Segundo é por uma questão de saúde pública: "Quem lê enxerga melhor". O livro me acompanha desde criança, e por conta dele ainda me sinto uma. Ficção ? Não sei. Mas a realidade é que o livro sempre fez parte das minhas brincadeiras de molecada. Pipa, pião, bolinha de gude, esconde-esconde, pega-pega, futebol, etc. e livro. Nada dava mais prazer do que estar vivo nesses dias de histórias inenarráveis.Capitães de areia vivíamos o Tempo e o vento. Meus pés cravados nas ruas de terra do planeta periferia e o sol tatuando meu rosto com o suor da magia da eternidade... Poesia ? Que nada. É gratidão mesmo! Gratidão a Jorge Amado, Cervantes, Branca de neve, Ali babá, Neruda, Victor Hugo, Garcia Marques, Lorca e tantos outros. Gratidão ao Guina, Bacamarte, Pigmeu, Gengibão, Samuca, estrela F. C. e a tantos outros amigos, que naquela altura, se confundiam com os personagens dos livros, que me abraçavam nas mil e uma noites dessa minha saga. Prosa ? Nem te conto. É tudo verdade. Também existia os mentirosos, não os escritores - esses a gente já conhecem-, os falsos leitores. Estavavam sempre com um livro embaixo do braço, mas quase nunca liam. Usavam-no como desodorante. Mas pelo menos faziam propaganda do livro. Não era de todo ruim. De lá pra cá muita coisa mudou. Muita coisa nós mudamos, mas paixão pelo livro se mantém viva como todas essas lembranças da infância. O livro ainda continua sendo um grande parceiro. Nem sempre acato tudo que ele diz, mas estou sempre atento ao que ele tem a dizer. Hoje com alguns cabelos brancos, continuo a ler como criança e continuo dando corda na brincadeira da vida : futebol de várzea, cerveja gelada, recital de poesia, sinuca, teatro, cinema, show, samba, e por aí vou eu, esse romance inacabado. Tudo isso é necessário para que a literatura não caia na chatice e que o hábito da leitura não descambe para a arrôgancia. Ler não é chato, mas tem muito chato que lê, e o que é pior, quer sempre impor o que ele leu. Ficção ? Quem dera fosse. Perdido em sua pseudo-intelectualidade, o chato não sabe,ou finge que não sabe que a literatura é pura sedução. É puro prazer. Ler para existir. É perigoso existir para ler. Sempre será necessário ler um bom livro, mas também é imprescindível que a gente tenha o hábito de ler pessoas. Sim, as pessoas, são elas que inspiram os livros.
Atenciosamente,
poeta Sérgio Vaz.

05 fevereiro, 2007

Pavio da Cultura

Dia 10 de fevereiro, sábado às 20h, tem o primeiro Pavio da Cultura de 2007. O sarau acontece todo segundo sábado de cada mês e reúne artistas e simpatizantes de toda a região do Alto Tietê, formada pelos seguintes municípios: Ferraz de Vasconcelos, Poá, Itaquá, Suzano, Mogi das Cruzes, Salesópolis, Biritiba Mirim, Guararema, Arujá e Guarulhos.
O Pavio da Cultura tem duração de 2 horas e envolve música, cinema, teatro, dança e literatura. Quem quiser participar com algum trabalho é só comparecer ao local com 30 minutos de antecedência.
Serviço:
Centro Cultural de Suzano
Rua Benjamin Constant, 682
Centro - Suzano - S.P
Á cinco minutos da estação de trem de Suzano.

04 fevereiro, 2007

Cadernos Negros


LANÇAMENTO DOS CADERNOS NEGROS VOLUME 29: Na Cooperifa



Não percam!!!

Cadernos Negros no Sarau da Cooperifa...

Com a presença de alguns dos autores que participaram da obra...


São 29 anos de resistência da literatura afro-brasileira.




Autores:

Ademiro Alves (Sacolinha), Allan da Rosa, Andréia Lisboa, Carlos Gabriel, Cristiane Sobral, Cuti, Décio Vieira, Edson Robson, Edson Silva, Eduardo de Oliveira, Élio Ferreira, Elizandra, Esmeralda Ribeiro, Graça Graúna, Helton Fesan, Jamu Minka, Jônatas Conceição, Landê Onawale, Lourenço Cardoso, Luis Carlos de Oliveira, Márcio Barbosa, MeL Adún, Miriam Alves, Oubi Inaê Kibuko, Ruth Saleme, Serafina Ferreira, Sergio Silva, Sidney de Paula , Tico de Souza.




07/ 02/2007 a partir das 20:30h


Sarau da Cooperifa no Bar do Zé Batidão


Rua Bartolomeu dos Santos, 797

Piraporinha - São Paulo (Descer na Igreja do Piraporinha -Estrada do M'Boi Mirim- e subir a ladeira atrás da Igreja e entrar na última rua a direita)

Tel.:(11) 5891-7403

Valor da Obra: 20,00 reais

02 fevereiro, 2007

Santo André

Alpharrabio Livraria e Editora
Rua Dr. Eduardo Monteiro, 151 – Santo André - SP
Tel.: (11) 4438.4358 – Fax: (11) 4992.5225
www.alpharrabio.com.brhttp://blog.alpharrabio.com.br
alpharrabio@alpharrabio.com.br


ALPHARRABIO – 15 ANOS
PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO


FEVEREIRO 2007
Olá, caro amigo(a),
Você é nosso convidado(a) especial para esta programação que vem para comemorar os 15 anos de existência da Alpharrabio Livraria e Editora. Por favor, anote em sua agenda. Prestigie e, se possível, ajude a divulgar. A entrada é franca para todas as atividades. Até lá e um forte abraço
Dalila Teles Veras e equipe.

09.02.07 – (sexta-feira) 18h00 – Abertura da exposição Biblioteca # 2
10.02.07 – (sábado), 10h00 – Documentário e degustação
15.02.07 – (quinta-feira), 19h00 – Recital de violão
24.02.07 – (sábado), 17h00 – Orquestra de Violeiros
28.02.07 – (quarta-feira) 15h30 – Cineclube Alpharrabio – Filme: Cidadão Kane


09.02.07 – sexta-feira, 18h00 – Abertura da Exposição Bilbioteca # 2, de Célia Barros (Textos de Célia Barros e Zhô Bertholini).
(Visitação: de segunda a sexta, das 13h00 às 19h00, sábados das 10h00 às 18h, até 28.02.07)

01 fevereiro, 2007

+ eventos

O AUTOR NA PRAÇA recebe os jornalistas José Hamilton Ribeiro & Ricardo Kotscho

Os próximos convidados do projeto O Autor na Praça são os jornalistas José Hamilton Ribeiro e Ricardo Kotscho. Hamilton Ribeiro, único repórter brasileiro a receber sete prêmios ESSO, além de cobrir a Guerra do Vietnã, pela revista Realidade. Hamilton Ribeiro autografará seu livro mais recente O Repórter do século e também Tropeiros - Diário de uma Marcha e Música Caipira. Ricardo Kotscho, que faz a apresentação do livro de O Repórter do Século, autografará seu livro mais recente Do Golpe ao Planalto - Uma Vida de Repórter e outros títulos de sua autoria. Após a tarde de autógrafos no Espaço Plínio Marcos, acontecerá no Espaço Alberico Rodrigues, às 19h, uma apresentação musical do cantador de Alto Belo Téo Azevedo, mostrando algumas modas de viola e exibição de uma entrevista exclusiva em vídeo com José Hamilton Ribeiro - sobre a revista Realidade, concedida à jornalista Cris Campos em 2001. O cartunista Júnior Lopes participa do evento realizando caricaturas.

Serviço:
O Autor na Praça
com os jornalistas José Hamilton Ribeiro e Ricardo Kotscho
Dia 03 de fevereiro de 2007, sábado, das 14h às 18h
Espaço Plínio Marcos - Tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto - Pinheiros - SP

Informações: Edson Lima - Tel. 3085 1502 / 9586 5577 - oanp@uol.com.br

Apresentação Musical e exibição do vídeo da entrevista com José Hamilton Ribeiro, às 19h no Teatro do Espaço Cultural Alberico Rodrigues - Praça Benedito Calixto, 159
Tels.: 3064 3920 e 3064 9737 - www.espacoalberico.com.br

Os eventos têm Entrada Franca

Realização: Edson Lima e Associação dos Amigos da Praça Benedito Calixto
Parceria: Jornal da Praça - http://plazajornal.blogspot.com
Apoio: Sindicato dos jornalistas de São Paulo -
www.sjsp.org.br